Verônica recolhe animais de rua há 10 anos em Araraquara — Foto: Arquivo/EPTV

Dona de canil com 100 cães sofre infarto e grupos se unem para cuidar dos animais em Araraquara, SP

Uma cuidadora de animais de 53 anos sofreu um infarto, em Araraquara (SP), e grupos de voluntários estão se mobilizando para cuidar de mais de 100 cachorros em um canil.

VÍDEO: Cuidadora sofre infarto e voluntários se mobilizam para cuidar de 100 cães em Araraquara

Canil improvisado

A doméstica Verônica Oliveira recolhe animais vítimas de abandono e maus-tratos há 10 anos. Ela montou um canil improvisado em um terreno alugado de 300 metros quadrados.

Todos os animais são castrados e vacinados contra a raiva. Eles consomem, em média, 30 quilos de ração por dia.

Verônica sofreu um infarto na última quarta-feira (2) e está internada na Santa Casa de Araraquara. Ela vai passar por uma cirurgia na próxima quinta-feira (10) e depois da operação vai ficar pelo menos um mês de licença médica.

Como era ela cuidava dos animais e mobilizava várias pessoas para doar ração e remédios, existe uma preocupação do que vai acontecer com eles.

Animais ficam em canil improvisado em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV
Animais ficam em canil improvisado em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV
Mobilização

A voluntária Ilza Novaes Scutti faz parte de um grupo de pessoas que se mobilizaram para ajudar os cães.

“Quando ela precisa viajar ou está doente geralmente sou eu que fico tomando conta deles, alimentando e fazendo a faxina do canil”, afirmou.

Segundo ela, uma força-tarefa está sendo feita para garantir a alimentação dos animais. “Tem as amigas dela das ONGS que estão trabalhando nisso, elas estão fazendo o que ela fazia. Agora tem que todo mundo se reunir”, disse.

A voluntária Ilza Novaes Scutti ajuda a cuidar dos cães em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV
A voluntária Ilza Novaes Scutti ajuda a cuidar dos cães em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV

A advogada e voluntária Abigail Rodrigues também colabora com o trabalho de Verônica porque acredita que ela presta um serviço público tirando os cães da rua.

“A maior parte do serviço dela é sozinha e ela depende de auxiliadoras. Todo dia tem um doente, um que está precisando de internação, cuidados intensivos.”

A maior preocupação é manter o aluguel do terreno, que custa R$ 400 por mês. “Não podemos construir, fazer melhorias, tornar o local definitivo, porque o local não é dela”, disse Abigail.

Campanha em pet shops

Alguns pet shops da cidade estão vendendo ração a preço de custo para serem doados para os cães. Em um deles, a pessoa escolhe entre 12 marcas, deixa pago e representantes de instituições protetoras dos animais são chamadas pra levar a ração até o canil.

Pet shops também estão colaborando com campanha por cães de canil em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV
Pet shops também estão colaborando com campanha por cães de canil em Araraquara — Foto: Reprodução/EPTV

“Além de ração, os animais vão precisar de material de limpeza, de remédio, nós também temos que pagar as pessoas responsáveis por limpar, então o trabalho que a Verônica fazia sozinha ou com uma pessoa, a gente vai ter que ter duas pessoas no mínimo para fazer”, explicou a presidente do SOS Melhor Amigo, Betty Peixoto.

As protetoras se preocupam com o que pode acontecer a longo prazo. “A gente conta com a colaboração da população para que a gente possa arrecadar esses valores para poder manter esse canil limpo, esses animais em ordem, bem cuidados e alimentados”, afirmou a coordenadora do projeto Me Adore, Carolina de Matos Galvão.

Para ajudar é necessário ligar no telefone (16) 98147-4153.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.