Duas baleias são avistadas próximas a praia de Laguna, no Sul catarinense

Duas baleias são avistadas próximas a praia de Laguna, no Sul catarinense

Mamíferos foram vistos perto da Praia do Iró na terça-feira (1º). Temporada da baleia-franca no litoral catarinense vai até novembro. 

SC laguna baleialaguna33

Duas baleias-francas foram avistadas próximos a uma praia de Laguna, no Sul catarinense, na terça-feira (1º). De julho a novembro, mais de 100 animais dessa espécie devem ser vistos no litoral, segundo o Projeto Baleia Franca.

Segundo a prefeitura do município, os mamíferos foram vistos próximo à Praia do Iró. A diretora de pesquisa do Projeto Baleia Franca, Karina Groch, também teve a informação que outros foram avistados na mesma cidade na segunda (30), perto da Ilha das Araras.

Pelas fotos, a diretora disse que é possível afirmar que as baleias vistas na terça são mãe e filhote. “No entanto pela proporção do tamanho dos dois indivíduos, é um filhote que nasceu ano passado e está retornando este ano com a mãe”.

“A gente está no início da época reprodutiva. A baleia-franca vem para cá [litoral] para se reproduzir”, explicou a diretora. De julho a novembro essa espécie costuma aparecer nos mares de Santa Catarina. Uma média de 100 a 120 indivíduos são observados no estado a cada temporada e o Projeto Baleia Franca espera que pelo menos esse número seja avistado este ano.

SC laguna baleialagunas22Ciclo reprodutivo

Conforme Karina Groch, a maioria das baleias-francas avistadas em Santa Catarina vêm grávidas para o nascimentos dos filhotes. Outros indivíduos aparecem para procurar parceiros para a reprodução. A maior parte é observada de julho até setembro. Os animais vêm da Antártida, local que oferece bastante alimento para eles.

As enseadas, que ajudam na proteção dos filhotes, e a temperatura da água são os fatores principais para que esses mamíferos sejam atraídos para o estado, acredita o Projeto Baleia Franca. A ausência de predadores existentes na Antártida, como as orcas e os tubarões, também contam a favor do litoral catarinense.
Ainda segundo o Projeto, a população de indivíduos da espécie está crescendo, o que poderá ser observado a longo prazo.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.