Duas mulheres são presas por maus-tratos contra animais em Botucatu, SP

Duas mulheres são presas por maus-tratos contra animais em Botucatu, SP

O Departamento de Proteção Animal da Vigilância Ambiental em Saúde recebeu nos últimos dias várias denúncias de animais abandonados na Vila Nossa Senhora de Fátima, região norte de Botucatu. Chegando ao local nesta sexta-feira, dia 20, foi constatado a negligência nos cuidados com os animais, inclusive, havia um cão morto no imóvel, diz relatório da ação.

Foi então acionada a Polícia Civil, que conduziu duas moradoras em flagrante para Delegacia. Elas receberam voz de prisão pelo crime de maus-tratos, diz boletim.

O Canil Municipal foi acionado e resgatou três gatos e um cão da residência. Os animais passarão por avaliação médico veterinária. O animal morto será encaminhado para necrópsia.

As solicitações para averiguação de suspeita de maus-tratos contra cães e gatos são recebidas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas, pelo telefone 3811-4915, WhatsApp (14) 99800-8351 (apenas mensagens) e/ou e-mail: protecaoanimal@botucatu.sp.gov.br.

Sobre a DEPA

Desde outubro de 2022 Botucatu conta com o serviço do Departamento de Proteção Animal, repartição que atende casos de maus tratos e regularizar registro de criadores em Botucatu. O Departamento faz parte da estrutura da Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu.

Com a criação deste Departamento, as solicitações para averiguação de suspeita de maus tratos contra cães e gatos serão recebidas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas, pelo telefone 3811-4915, WhatsApp (14) 99800-8351 (apenas mensagens) e/ou e-mail: protecaoanimal@botucatu.sp.gov.br.

Após horário comercial, finais de semana e feriados, as denúncias deverão ser feitas através da Guarda Civil Municipal – 153, Polícia Militar – 190, e também pela da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA): https://www.webdenuncia.org.br/depa.

Além de receber denúncias, o Departamento também irá regularizar estabelecimentos e criadores que comercializam animais domésticos. Conforme a Lei Municipal nº. 6.315 de 2022, Art. 38, parágrafo 2º, todo estabelecimento ou evento destinado à venda de animais domésticos vivos deverá ser obrigatoriamente registrado na Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) no prazo máximo de 30 dias, a partir de 05 de outubro.

O não cumprimento do estabelecido implica em penalidades administrativas previstas na lei. O registro de criadores e estabelecimentos deve ser feito através de formulário on-line disponível no site da Prefeitura. https://www.botucatu.sp.gov.br/formularios-vas

Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato com o Departamento de Proteção Animal.

Serviço:

Departamento de Proteção Animal

Telefone: (14) 3811-4915

WhatsApp: (14) 99800-8351 (apenas mensagens)

E-mail: protecaoanimal@botucatu.sp.gov.br

Fonte: Acontece