Dupla é presa por pesca ilegal de filhotes de pirarucu no Parque do Utinga, em Belém, PA

Dupla é presa por pesca ilegal de filhotes de pirarucu no Parque do Utinga, em Belém, PA
Foto: AscomPM

Quase 100 alevinos da espécie pirarucu, que estavam sendo pescados e armazenados ilegalmente, foram resgatados por policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). Os animais foram apreendidos no Parque Estadual do Utinga (PEUT), localizado no bairro do Curió-Utinga, em Belém. as informações são desta quinta-feira (18).

Uma equipe do BPA realizava policiamento pelo parque, quando encontrou uma caixa d’água com 95 peixes da espécie pirarucu. A equipe ficou no local aguardando os suspeitos irem buscar os animais, e viram dois homens que estavam trazendo mais peixes para serem armazenados. Os suspeitos tentaram fugir assim que perceberam a presença dos policiais, mas foram capturados.

Um deles estava com uma faca. Foram apreendidas, também, uma canoa e uma rede de pesca. Os suspeitos e o material foram conduzidos para a Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (DEMAPA-PA). 

Crime ambiental
 
Pescar em período no qual a pesca seja proibida ou em lugares interditados por órgão competente é crime ambiental, de acordo com a Lei nº 9605/98, que prevê pena de detenção, de um ano a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Também incorre no mesmo crime quem pesca espécies que devam ser preservadas ou com tamanhos inferiores aos permitidos.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.