É o Fim: O elefante Packy foi morto pelo Oregon Zoo – Vamos ajudar a fechar esse lugar

É o Fim: O elefante Packy foi morto pelo Oregon Zoo – Vamos ajudar a fechar esse lugar
Foto: In Defense of Animals/Team Packy

É com o coração pesado que damos esta triste declaração: o Oregon Zoo eutanasiou o elefante Packy com idade de 54 anos. Packy nasceu em cativeiro e nunca teve a oportunidade de ver o habitat natural de um elefante ou interagir com seus amigos selvagens. Ao invés disso, ele foi mantido em uma cela durante toda sua vida, até que, em 2013 ele foi diagnosticado com tuberculose (TB).

Como um portador de TB, ele se tornou um risco financeiro e legal para o zoológico que o mantinha em cativeiro. Uma fonte anônima contou ao jornal The Huffington Post: “Packy nunca mostrou nenhum sinal ou sintoma de tuberculose. Ele não está mostrando sinais de dor ou desconforto. Ele está ativo, brincalhão e engajado com os cuidadores todo dia”. Apesar disso, chegou à atenção do In Defense of Animals e do Free the Oregan Zoo Elephants que o Oregon Zoo começou a falar a portas fechadas sobre eutanasiar Packy.

A presidente do In Defense of Animals, Dra. Marilyn Kroplick advertiu o Oregon Zoo recentemente em uma declaração à imprensa dizendo, “Pesquisas mostram que os elefantes são animais autoconscientes. O Oregon Zoo trouxe Packy ao mundo e lucrou com ele; agora eles precisam fornecer o cuidado que ele precisa”. E então, o In Defense of Animals e o Free the Oregon Zoo Elephantes organizaram o “Time Packy”, um grupo dedicado a resgatar Packy de uma morte prematura e deixá-lo viver até o fim dos seus dias em um hospital de elefantes.

Apesar de todos os esforços dessas duas organizações e uma demonstração massiva de apoio de cidadãos ao redor do mundo, o zoológico seguiu em frente com seus planos e Packy foi morto no dia 9 de fevereiro deste ano. Em uma declaração, Toni Frohoff, Ph.D., cientista especialista em elefantes do In Defense of Animals, disse, “Eu estou chocado pelas ações desprezíveis do Oregon Zoo, que não ‘eutanasiou’, mas sim, ‘zootanisou’ Packy”. E enquanto os ativistas do Oregon ficam de luto, todos nós também ficamos.

O In Defense of Animals declarou o dia 9 de fevereiro como o “Dia Mundial da Zootanásia” em honra a Packy e aos incontáveis outros animais que foram abatidos inutilmente por zoológicos ao longo dos anos. A morte de Packy é uma tragédia, mas ela não deve ser em vão. Compartilhe esta história com qualquer pessoa que irá ouvi-la.

O Free the Oregon Zoo Elephants está encorajando os moradores locais a se juntarem a um protesto por Packy, então se você estiver na área confira sua página do Facebook para mais detalhes.

Já mais do que passou da hora de fazermos com que o Oregon Zoo se responsabilize por suas ações contra animais inocentes. Esta instituição insignificante ficou em quinto na lista de 2016 do In Defense of Animals dos Piores Zoológicos para os Elefantes na América do Norte, e ele já entrou na lista sete vezes! Vendo a forma como trataram Packy, está muito claro que este é um local focado somente em seu próprio lucro, não levando em consideração os animais de quem eles roubaram completamente qualquer aparência de vida. Você pode ajudar ao boicotar o Oregon Zoo – quando pessoas pararem de pagar para ver animais sofrendo, eles não terão outra escolha a não ser fechar suas portas.

Você também pode ajudar doando para organizações como In Defense os Animals e Free the Oregon Zoo Elephants para que eles possam continuar lutando pelas vidas dos animais de zoológico indefesos no futuro.

Por Sean McCarthy / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.