Ecologistas en Acción acusam o governo espanhol de impor a tauromaquia com a Lei do Patrimônio Cultural Imaterial

O grupo Ecologistas en Acción acusou o governo de querer impor as corridas de touro em comunidades autônomas, onde estas estão proibidas, através da Lei do Patrimônio Cultural Intangível, aprovada nesta quinta-feira (14) pela Câmara dos Deputados.

Tradução de Ana Lidia

De acordo com os ambientalistas, o texto da lei aprovada não prevê a possibilidade de uma comunidade autônoma decidir na sua esfera territorial a exceção a uma proteção concedida pelo Estado acerca da proteção do patrimônio cultural imaterial, ainda que esta seja estranha ao território.

“O governo tenta novamente acabar com as proibições de corridas de touros existentes na esfera estadual, faltando com respeitos a parlamentares autônomos e à maioria dos cidadãos que, como se verifica nas pesquisas, apostam no fim das corridas de touros, um dos maiores expoentes de maus-tratos a animais de nosso território”, destacou o Ecologistas en Acción.

Fonte: Te Interessa

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.