BA Camacari veganismo1 H

Educador usa sítio da família para receber escolas e ensinar veganismo na Bahia

Por Fabio Chaves

BA Camacari veganismo1

Nascido em Salvador, o educador humanitário Francisco Athayde (Facebook) desenvolve há 7 anos um trabalho realmente inspirador. Francisco vai até escolas com um projeto que visa levar a educação humanitária para dentro das salas de aula, passando valores e conceitos que o ensino convencional não costuma incluir.

Francisco aluga um sítio da família na cidade de Camaçari para tornar realidade um projeto ainda mais ambicioso: levar as crianças para vivenciar a educação humanitária. Para tanto, o sítio Mundo Verde recebe excursões de escolas e oferece caminhadas ecológicas, visita à uma grande horta orgânica, restaurante com alimentação vegana e muito mais.

Todas as etapas do passeio incluem algum conceito que Francisco quer passar para as crianças. Na horta orgânica, por exemplo, as crianças são convidadas a colocar a mão na terra e a aprender um pouco sobre bioconstrução, permacultura e reaproveitamento de materiais. Além disso, claro, são ensinadas a plantar e a dar valor ao alimento.

O respeito aos animais (incluindo os humanos) é ensinado às crianças por meio de vídeos educativos e conversas em roda. No local, as crianças recebem três refeições e tudo é feito sem nada de origem animal e de forma saudável, com boa parte dos ingredientes orgânicos.

Toda a carga educacional é transmitida de forma lúdica e com muita diversão garantida para a garotada. O local tem muito verde, piscina e espaço para as crianças brincarem, já que o passeio também inclui atividades recreativas. Francisco tem também um vídeo onde mostra um pouco de seu trabalho, assista:

Serviço

Sítio Mundo Verde – Passeio Escolar e Educação Humanitária

Endereço: Estrada do Coco, km 14 (ao lado do pedágio) – Camaçari-BA
Referência: 15 minutos do aeroporto de Salvador
E-mail: [email protected]
Facebook: www.facebook.com/EducadorHumanitario
Telefone: (71) 8823-3050 / 9332-4640

BA Camacari veganismo2

Fonte: Vista-se

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.