Égua agonizando é encontrada por cuidadora de animais em Patos (PB), é socorrida, mas morre

Égua agonizando é encontrada por cuidadora de animais em Patos (PB), é socorrida, mas morre
Foto: Reprodução

A dura realidade enfrentada pelos animais de tração ficou evidente mais uma vez com o resgate de uma égua em condições deploráveis. Abandonada para morrer após anos de exploração, a égua foi encontrada definhando sob o sol escaldante, sem água e sem alimento.

O relato comovente veio à tona quando a jovem Jamilly Gouveia, que é cuidadora de animais, encontrou a égua em situação crítica neste sábado (25), em uma estrada vicinal, próximo à comunidade Campo Comprido. “Hoje encontrei essa pobre égua numa situação deplorável, definhando no sol. Consegui arrastá-la para a sombra, mas o único hospital veterinário aqui não atende no final de semana,” contou Jamilly, que logo após encontrá-la, decidiu compartilhar a história nas redes sociais em busca de ajuda.

A resposta foi rápida. Estefanny Dantas e seu esposo Gabriel Rodrigues, que é médico veterinário, prontamente se dispuseram a socorrer o animal. “Postamos no Instagram pedindo socorro, e logo de imediato, Estefanny e Gabriel vieram nos ajudar,” relatou Jamilly.

Infelizmente, após avaliação, o médico veterinário Gabriel constatou que o animal estava em sofrimento grave, sem estado de melhora, com reflexos comprometidos e doença cutânea (na pele) grave que afetou as articulações. Por não ter sido encontrado nenhum tutor e diante de nenhuma melhora na condição clínica, o médico optou por realizar a eutanásia, procedimento de morte indolor para aliviar o sofrimento causado por uma doença incurável ou dolorosa.

Jamilly agradeceu as pessoas que se mobilizaram para socorrer a égua e lamentou a situação enfrentada pelos animais: “É assim a realidade que os animais enfrentam! São explorados nas terríveis carroças a vida inteira, se alimentando mal, sem beber água, servindo como um escravo e quando adoece, É ABANDONADO pra morrer a míngua.”

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por JAMILLY GOUVEIA (@jamilly_gouveiaa)

Por Felipe Vilar

Fonte: Patos Online