Égua é ferida no órgão reprodutor depois de ser amarrada em árvore em Dourados, MS

Tutora disse que amarrou animal para protê-lo de chuva.

Por Laura Holsback

Égua foi encontrada com ferimentos no órgão reprodutor depois de passar um dia amarrada em árvore, na aldeia Bororó, em Dourados. A denúncia do maus-tratos foi registrada na polícia hoje (15), pela tutora, de 43 anos, que disse ter deixado o animal no local para protegê-lo de chuva e apontou vizinho, de 34 anos, como suspeito.

Consta em Boletim de Ocorrência que a égua foi amarrada durante chuva, em árvore na frente da casa do vizinho, na sexta-feira (13), para que ela não perambulasse pela região e se molhasse. Ontem (14), ao pegar o animal, a mulher teria sido xingada pelo vizinho. ”É, você vai levar o seu cavalo né? Égua velha, igual a senhora”, lembrou.

Chegando na casa onde mora, a tutora do animal constatou que ele tinha perfurações em volta do órgão reprodutor e estava com sangramento. A égua foi medicada e tutora denunciou o caso à polícia. Ela citou o vizinho como suspeito de ter cometido o crime de maus-tratos, tendo em vista que já o denunciou em outra ocasião por ameaças.

A mulher também disse que usa a égua para vender produtos em carroça e com isso garante o sustento da família, por isso teme que o animal morra.

Fonte: Correio do Estado

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.