Égua é sacrificada após ser atingida por motociclista em Goiânia; vídeo

Égua é sacrificada após ser atingida por motociclista em Goiânia; vídeo
Após égua ser atropelada, um dos animais que estava com ela ficou ao lado dela, em Goiânia. — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma égua teve que ser sacrificada após ser atropelada nesta quarta-feira (26), no Residencial João Paulo Estrela, em Goiânia. Uma câmera de vigilância mostra o momento em que ela é atingida por um motociclista, que também ficou ferido (veja abaixo).

Vídeo: Égua é atropelada em Goiânia.

O acidente aconteceu por volta de 5h30, na Avenida Doutor Jair Abrão Estrela. Nas imagens é possível ver três cavalos passando pela avenida, quando, de repente, aparece um motociclista e acerta um dos animais.

Uma moradora que não quis se identificar disse que o acidente aconteceu na rua da casa dela. Ela disse que um dos animais fugiu, e o outro ficou lá, junto ao ferido. A moradora disse ainda que os três cavalos estavam soltos pelas ruas do bairro há duas semanas.

Após o acidente, a égua chegou a ser resgatada pela Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), que a levou para o Hospital Rural Veterinário, na capital.

Segundo a unidade, o animal chegou com duas fraturas nas patas e sangrando bastante. Devido à gravidade nos ferimentos, foi preciso sacrificar a égua.

O motociclista foi socorrido pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No entanto, o G1 não conseguiu a informação do estado de saúde dele, pois o nome do piloto não foi divulgado pela corporação.

Após ser atropelada, égua foi levada pela SMT até Hospital Veterinário, que precisou sacrificar o animal. — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Égua é sacrificada após ser atropelada por motociclista, em Goiânia; vídeo. — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Por Danielle Oliveira

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: É lamentável como a cultura da exploração leva pessoas a condenar um animal à morte por ter as patas quebradas. Como este animal não pode mais ser explorado economicamente, é morto. O trabalho de santuários como o Filhos de Shanti e o Abraço Animal, ambos em SP, mostram que estes animais podem ser tratados e ter uma vida digna mesmo em condições como esta.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.