Égua que estava caída há dois dias em Santa Maria (RS) precisou ser sacrificada

Uma égua que estava agonizando há dois dias no bairro São José, na região centro-leste de Santa Maria, precisou ser sacrificada nesta sexta-feira. A Guarda Municipal foi até uma residência na Estrada Ângelo Berleze, depois que vizinhos denunciaram a situação. O animal estava deitado pelo menos desde quinta-feira, sem forças. A Guarda acionou o Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BM).

Médicos veterinários da prefeitura de Santa Maria foram ao local. Eles constataram que a égua apresentava sinais de desnutrição e anemia. O animal, que teria aproximadamente 14 anos, foi medicado, mas não reagiu aos medicamentos. Para cessar o sofrimento, a medida foi efetuar a eutanásia.

Conforme o sargento Emerson Santos, do Batalhão Ambiental, a proprietária da casa disse que ganhou a égua de um familiar, mas que o animal nunca havia puxado carroças. A BM registrou a ocorrência como maus-tratos a animais. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.