Égua selvagem devastada se transforma quando encontra potros órfãos

Égua selvagem devastada se transforma quando encontra potros órfãos
Foto: Carol J. Walker

“Eles perderam suas mães e ela perdeu seu bebê; hoje eles são uma família”.

Há pouco mais de um ano, uma égua selvagem foi arrebanhada com sua manada em Wyoming e colocada em uma instalação de detenção federal.

A égua selvagem estava prenhe. Depois de alguns dias na instalação, ela deu à luz um potrinho.

A primeira vez que Clare Staples viu a linda égua foi somente alguns dias depois que ela teve seu bebê.

Staples, fundadora do Skydog Sanctuary, visitava a instalação privada do Departamento de Gestão de Terras (BLM) para ajudar a resgatar cavalos selvagens que tinham sido arrebanhados pelo governo para liberar a terra. Se esses cavalos não são adotados, podem acabar passando suas vidas inteiras nessas instalações, ou, pior, podem ser vendidos e acabar em matadouros no Canadá ou México.

“Eu publiquei algumas fotos dos cavalos”, Staples contou ao The Dodo. “Ninguém os podia ver e eu queria tentar que todos fossem adotados”.

“Parece que uma foto chamou a atenção”, Staples disse.

As pessoas se apaixonaram pela égua de cor creme e seu recém-nascido. “Todo mundo pedia para que alguém os salvasse e algumas pessoas até disseram que iriam adotá-los”, lembrou Staples.

Parecia que a égua, que ficou conhecida como Magnólia, estava prestes a ter uma sorte que poucos têm. Diferente dos muitos cavalos selvagens que acabam separados de suas famílias durante o cerco, Magnólia poderia criar seu bebê em um novo lar.

Mas as coisas não saíram conforme o planejado.

“Eu entrei em contato com a instalação e pedi que eles localizassem a dupla”, disse Staples. “Logo depois, recebi um e-mail do BML dizendo que eles tiveram um surto de adenite equina, causada por um vírus altamente contagioso chamado strangle (Streptococcus equi), e vários potros estavam em risco”.

Staples disse que queria retirar Magnólia e seu bebê naquele momento. Na hora em que o BML entrou em contato novamente com ela, já era tarde demais. “Infelizmente, o potro faleceu”, ela disse.

As pessoas que tinham se oferecido para adotar Magnólia e seu bebê decidiram não adotar somente Magnólia. Então Staples resolveu levar a mãe devastada para seu próprio santuário.

“Eu queria que ela viesse para cá e fosse livre novamente, curasse seu coração e corresse pela grama”, disse.

Magnolia foi viver no Skydog no início de agosto.

Staples e sua equipe estavam cientes de tudo que Magnólia já tinha passado. Queriam dar a ela um tempo para que se adaptasse ao seu novo ambiente.

Enquanto isso, havia um grupo de animais que tinha chegado ao santuário pouco tempo antes de Magnólia: quatro potros que tinham perdido suas mães.

“O BLM em nossos currais locais em Burns, Oregon, pediu para pegarmos alguns potros que tinham ficado órfãos durante o cerco”, Staples disse. “Nós pegamos quatro bebês, todos eles tinham acabado de perder suas mães. Nós os batizamos de Coco, Willow, Sugar e Two Spots”.

Magnólia ainda não tinha conhecido nenhum outro cavalo no santuário quando seus resgatistas decidiram que ela poderia ao menos conhecer os quatro bebês, dos quais os funcionários do santuário estavam recuperando a saúde desde que chegaram.

“Nós ficávamos olhando para ela, que tinha acabado de perder seu bebê, e então olhávamos para os potros, que tinham perdido suas mães, e depois de uma semana dissemos: Vamos tentar”, Staples contou.

View this post on Instagram

SO it’s a big day ! Magnolia came to us a couple of weeks ago after losing her baby while she was in a holding facility after being rounded up one year ago. These four babies lost their mamas after a recent roundup in Oregon. Today we are introducing them to see if they can be a comfort to each other and possibly heal some loss. To see more of their meeting and how they are doing today please go over to Patreon and for 5 dollars a month you can see special content first on that site. Link is in bio – don’t worry we will be posting more on this here later too #adoptblmmustangs #emptythepens #skydogmagnolia #mustangsmatter #mustangsanctuary #compassion #love #caring #patreon #comejoinus #supportskydog

A post shared by Skydog Sanctuary (@skydogsanctuary) on

Staples queria ser cuidadosa, pois cavalos selvagens podem ser territorialistas e imprevisíveis, especialmente depois de passarem por tanta coisa assim como Magnólia tinha passado.

“Levamos Magnólia para nosso celeiro… e então a levamos para a arena de areia com os potros”, Staples disse. “Foi tão lindo. Ela se apegou a eles de imediato.”

Staples segurou as lágrimas quando Magnólia começou a cuidar dos bebês e agir com instinto protetor para com eles.

“A égua compartilhou feno com eles”, ela disse. “Eles a seguiam como pequenos patinhos e dois deles até tentaram mamar nela”.

Os bebês, especialmente Coco, adoram se aconchegar a Magnólia, como se a tivessem adotado como sua mãe.

“Estou tão empolgada com esta família, por seus corações terem se curado”, disse Staples. “Eu agradeço ao BLM neste caso por ter entrado em contato conosco e pedido que pegássemos os bebês para que eles recebessem os cuidados e a atenção que precisavam”.

E Magnólia deixou bem claro seu amor pelos quatro potros. Somente depois de conhecer o grupo de órfãos e passar um tempo com eles foi que Magnólia mostrou quanta alegria ela tem, rolando no chão como um potro enquanto sua família adotiva a observava.

“Ela rolou pela primeira vez desde que chegou aqui há duas semanas”, Staples disse. “Todos eles tinham perdido seus parentes amados, mas, no final, eles têm um ao outro e eu não poderia estar mais feliz”.

Agora que ela está constantemente cercada por seus quatro bebês adotivos, é quase difícil de acreditar que Magnólia estava sozinha até recentemente.

Fotos: Skydog Sanctuary

Há pouco tempo, Staples viu o grupo jantando juntos em um campo enquanto o sol se punha nas montanhas distantes. Parecia naquele momento que a dor do passado realmente tinha ficado para trás.

“Eles perderam suas mães e ela perdeu seu bebê”, disse Staples. “E hoje eles são uma família”.

Para parabenizar Magnólia, Coco, Sugar, Willow e Two Spots por suas novas vidas, faça uma doação ao Skydog Sanctuary.

Por Sarah V Schweig / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.