california leaomarinho0

El Niño faz milhares de filhotes de leões-marinhos encalharem na Califórnia, EUA

Por Gabriel Garcia

california leaomarinho1

Centros de resgate de animais da Califórnia ficaram lotados após mais de mil leões-marinhos recém-nascidos encalharem no litoral do estado nos últimos dois meses.

A causa para tantos animais ficarem presos ainda não está clara, mas cientistas acreditam que os leões-marinhos estão sofrendo com a falta de presas naturais, forçando as mães a deixarem seus filhotes sozinhos para procurar comida.

“Quando os centros lotarem, será impossível resgatar e reabilitar todos os animais impactados”, afirma Justin Viezbecke, coordenador do Centro Nacional de Oceanografia e Atmosférico dos Estados Unidos.

No total, 1 450 leões-marinhos bebês foram resgatados no sul da Califórnia desde janeiro.

Especialistas acreditam que o aquecimento das águas do Pacífico, gerado pelo fenômeno El Niño, está afastando da região as presas naturais dos leões-marinhos. A superfície do Pacífico na costa da Califórnia está entre 2 e 6 graus acima do normal para a época.

A ocorrência do El Niño é caracterizada pelo aquecimento acima da média da superfície do Oceano Pacífico, gerando mudanças climáticas por todo o mundo.

Na região, os leões-marinhos geralmente nascem em junho e julho, e ficam do lado da mãe até janeiro, permanecendo nas praias. Os cientistas acreditam que as mães não estão encontrando comida e ficam fora por mais tempo do que o período usual, de um a dois dias.

Famintos, os filhotes vão para o mar procurar comida, mas, exaustos, acabam encalhados nas praias.

Fonte: Info

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.