Ela levou 40 tiros na cabeça e foi enterrada VIVA. Mas se recusou a partir antes de deixar seu legado

Ela levou 40 tiros na cabeça e foi enterrada VIVA. Mas se recusou a partir antes de deixar seu legado

 “Compara-se muitas vezes a crueldade do homem à das feras, mas isso é injuriar estas últimas.”

MALTA star tiros 02

A cachorrinha Star levou 40 tiros de pequeno calibre na cabeça e foi enterrada viva na cidade de Birzebbuga, em Malta.

Para surpresa de todos – um verdadeiro milagre-, ela sobreviveu em um primeiro momento.

A descoberta foi feita por um morador da região que ouviu gemidos próximos a um terreno. Ao chegar no local, ele se deparou com uma cena lamentável. Star estava totalmente coberta por terra, somente com o focinho descoberto.

MALTA star tiros 01

Star foi levada para o veterinário e passou por uma cirurgia de emergência. Rapidamente, sua história se espalhou por todo o mundo e as pessoas se dispuseram a adotá-la para dar a ela tudo o que merecia: amor e atenção.

Star foi se recuperando gradualmente, mas, dias após o resgate, teve uma inflamação aguda no pâncreas e morreu.

O renascimento de Star e sua morte, dias depois, não foi mero acaso. Ela deixou um legado importante na vida dos habitantes de Malta e, sobretudo, uma lição de apelo universal para onde sua história ecoar.

Mas qual o legado de Star?

Após o renascimento de Star, milhares de nativos da ilha organizaram passeatas e manifestações contra os maus tratos a animais. Foi a maior manifestação no local até hoje. Mudanças nas leis foram aprovadas e as punições contra agressores nunca foram tão severas.

Mas, fora isso, Star virou símbolo de esperança num lugar em que os animais são sempre ignorados. Nos poucos momentos em que ela permaneceu viva após ser encontrada, Star não demonstrou ódio pelo homem muito menos rancor. Não buscou vingança e não recuou aos carinhos.

MALTA star tiros 03

Ela simplesmente deu carinho e doou-se completamente aos humanos que a trataram. Ela deu amor a todos eles, mesmo debilitada. E, assim, os animais seguem nos ensinando… Afinal, “quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes.”

Fonte: Best of Web

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.