Elefante-marinho Fred pode retornar às praias capixabas nos próximos dias, afirma Ipram

Elefante-marinho Fred pode retornar às praias capixabas nos próximos dias, afirma Ipram
O Instituto ainda alertou para que não prendam Fred em cativeiro (Foto: Reprodução Facebook)

Não está descartada a hipótese do conhecido Fred, elefante-marinho, retornar às praias capixabas nos próximos dias. A informação foi divulgada pelo Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (Ipram-ES) na noite de sábado (18).

O animal, que sempre aparece pelas praias do Espírito Santo, está sem ser visto desde sábado. Mas, segundo o Instituto, é possível que volte nos próximos dias porque ele estava magro e com ferimentos.

“Embora já esteja o dia inteiro sem ser avistado após ter ido para o mar, não descartamos a possibilidade de que retorne a alguma praia do ES nos próximos dias, até porque estava magro e com ferimentos, o que pode demandar um repouso prolongado”, afirmou o Ipram em rede social.

O Instituto ainda alertou para que não prendam Fred em cativeiro e explicou:

“A comissão científica do Tratado Antártico, o qual o Brasil é signatário, estabeleceu que caso estes animais sejam levados aos centros de reabilitação, não se deve soltá-los novamente, pois eles podem introduzir diversas doenças graves nas populações saudáveis na Antártida. Ou seja, se o Fred for para o cativeiro, deverá ser mantido em cativeiro para sempre. E ninguém quer isso. Além desta recomendação, é sempre importante lembrar que qualquer resgate e manejo de um mamífero de grande porte é sempre muito arriscado, tanto para o animal quanto para a equipe envolvida”.

O Ipram ainda comentou que tem acompanhado o Fred desde as primeiras aparições em praias capixabas. “Em 10 ocasiões em que foi monitorado, o IPRAM já acompanhou várias situações. Ele já veio magro, e depois de meses retornou gordinho. Já veio ferido, e depois de meses retornou com o ferimento cicatrizado. Já permaneceu nas praias por 7 dias, mas também já ficou por 36 dias. Basicamente, o Fred utiliza a costa capixaba para descansar, então é normal que a gente o veja “dormindo” na praia por várias horas, inclusive de barriga para cima. Isso não quer dizer que ele esteja doente ou morrendo”.

Despedida

Uma semana depois de aparecer nas areias de uma praia da Serra, o elefante marinho batizado de “Fred” parece que resolveu deixar, ao menos por enquanto, o litoral capixaba. Na manhã deste sábado (07), ele foi para a água, sumiu de vista e não voltou mais.

De acordo com o Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (Ipram), a partir de agora podem acontecer duas coisas: ou o animal retorna em algumas horas, não necessariamente para as mesmas praias onde estava, ou ele não volta mais – pelo menos, por alguns meses.

Fonte: Folha Vitória 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.