Elefante torturado é resgatado após 50 anos na Índia

Elefante torturado é resgatado após 50 anos na Índia

Mohan passou a maior parte de sua vida em vilarejos perto de Lucknow, Índia, onde ele era usado como um elefante pedinte do lado de fora de templos ou contratado para ser usado em casamentos. Um elefante de 55 anos de idade chamado Mohan foi resgatado com sucesso pelos ativistas dos direitos dos animais no último dia 22, após a intervenção da Suprema Corte de Lucknow. O animal foi tirado da natureza quando ainda filhote e separado de sua manada e família. Os relatórios dizem que ele foi amarrado e era agredido regularmente, para quebrar seu espírito, e logo depois ele foi vendido. Mohan passou a maior parte de sua vida em vilarejos perto de Lucknow, onde ele era usado como um elefante pedinte do lado de fora de templos ou contratado para ser usado em casamentos.

A Wildlife SOS, uma ONG de direitos dos animais, estava tentando resgatar esse elefante desde julho de 2014. Os ativistas alegam que há cicatrizes graves e feridas de perfurações no corpo de Mohan, que confirmam os anos de tortura brutal e negligência.

“O elefante está severamente emaciado devido à desnutrição grave e à negligência. Seu sistema digestivo foi seriamente comprometido por infestação de vermes. Seu corpo está coberto de ferimentos e o funcionamento de seu fígado está afetado gravemente”, disse o Dr. Yaduraj Khadpekar, veterinário de elefantes do Wildlife SOS.

India Lucknow elephantmohan 2

Tentativas repetidas pelas agências governamentais, incluindo o departamento florestal e a polícia, para resgatar o elefante foram tratadas com hostilidade e violência pelos moradores locais.

A Suprema Corte de Lucknow finalmente notou a condição deteriorante de saúde de Mohan e os anos de crueldade inimaginável que ele tinha sofrido. A corte emitiu uma ordem para que o elefante fosse levado ao Centro de Cuidados de Elefantes em Mathura, gerenciado pela Wildlife SOS.

“O Centro de Cuidado e Conservação de Elefantes em Mathura possui as instalações necessárias e um time dedicado de veterinários e funcionários que podem fornecer a este elefante o cuidado que ele merece. Em adição ao cuidado veterinário, Mohan também terá a liberdade para andar livremente em um cercado com espaço amplo, e será alimentado com forragem saudável e nutritiva, frutas e vegetais, e também terá outros elefantes para se socializar e garantir sua recuperação física e psicológica em seu novo lar”, disse Kartick Satyanarayan, cofundador da Wildlife SOS.

“É com uma alegria imensa que nós recebemos Mohan no Centro de Cuidado de Elefantes. Há tempos que queremos sua liberdade e estamos muito gratos a todos que permaneceram fortes através desta luta demorada e frequentemente desoladora e perigosa por sua liberdade. Este dia realmente valida todo o trabalho duro que tivemos em seu resgate”, disse Geeta Seshamani, cofundadora do Wildlife SOS.

O elefante de 55 anos agora viverá com outros 22 elefantes resgatados no centro em Mathura.

Por Seemi Pasha / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: India Today

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.