Elefantes morrem a tentar salvar bebé em cascata na Tailândia

Elefantes morrem a tentar salvar bebé em cascata na Tailândia

Seis elefantes morreram na Tailândia enquanto tentavam salvar-se de uma cascata. Segundo as autoridades locais, o incidente ocorreu depois de um elefante bebé ter caído de uma cascata no Parque Nacional Khao Yai, no centro do país.

Outros dois elefantes também foram vistos junto a um penhasco próximo e foram resgatados pelas autoridades. De acordo com a BBC, a cascata, conhecida como Haew Narok (“queda do inferno”), tem um histórico de incidentes semelhantes.

Uma manada de oito elefantes morreu depois de cair daquela cascata em 1992, num caso mediático em todo o país.

O Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas (DNP) da Tailândia disse que as autoridades foram convocadas para o local no sábado às 3 horas locais (20 horas de sexta-feira em Portugal continental), quando um grupo de elefantes estava a bloquear uma estrada perto da cascata.

Três horas depois, o corpo de um elefante de três anos foi visto perto da base de Haew Narok e cinco outros animais foram encontrados nas proximidades. Khanchit Srinoppawan, chefe do parque nacional, disse à BBC que os dois elefantes sobreviventes estavam a ser assistidos.

Edwin Wiek, fundador da Wildlife Friends Foundation Thailand, disse que os elefantes podem ter dificuldade em sobreviver, já que dependem das grandes manadas para proteção e procura de comida. O incidente também pode ter consequências emocionais, uma vez que estes animais mostram sinais de luto. “É como perder metade da família. Não há nada que se possa fazer, infelizmente é a natureza”, disse Wiek à BBC.

Cerca de 7000 elefantes asiáticos permanecem na Tailândia, com mais de metade a viver em cativeiro.

Fonte: JN / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.