Em 2019, foram castrados 1.300 animais em Foz do Iguaçu (PR) e para este ano a previsão é dobrar a quantidade

Em 2019, foram castrados 1.300 animais em Foz do Iguaçu (PR) e para este ano a previsão é dobrar a quantidade

Os vereadores Nanci Rafagnin Andreola (PDT), Anice Gazzaoui (sem partido), Elizeu Liberato (PL), Luiz Queiroga (DEM) e Edílio Dall’Agnol (PSC) assinaram emenda impositiva ao orçamento de 2020 destinando verbas para o programa municipal de castração de cães e gatos. Essa colaboração, no valor de R$ 132 mil, deve ajudar a controlar o número de animais.

O procedimento cirúrgico deverá ser realizado exclusivamente por médico veterinário devidamente habilitado e em clínicas veterinárias conveniadas.

Em 2019, foram castrados 1300 animais e para este ano a previsão é dobrar a quantidade, segundo informou o Secretário da Agricultura e Abastecimento, Pablo Mendes.

As pessoas que possuem animais e desejam aderir ao programa podem fazer a solicitação no Protocolo Geral do Município ou por meio do site da Prefeitura. ONGs e protetores independentes, para receberem o atendimento, devem ser reconhecidos pelo Conselho Municipal de Defesa Animal.

O programa deve ter início no nesse 1º trimestre de 2020.

Por Vinícius Ferreira

Fonte: CMFI via Não Viu?

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.