Em Caraguatatuba (SP), cuidador de cães e gatos abandonados pede ajuda

Em Caraguatatuba (SP), cuidador de cães e gatos abandonados pede ajuda
Foto: reprodução/Face Book

O amor pelos animais não tem limites na casa do Carlos Alexandre, o motorista, de 38 anos, cuida há seis anos de mais de 10 animais abandonados, entre gatos e cachorros. Porém, hoje pede ajuda, pois as despesas da família ficaram apertadas com a chegada da pandemia.

O cuidador de animais mora no bairro Parque Balneário Maria Helena, em Caraguatatuba, com a esposa e filha de 1 ano e 3 meses. Carlos conta que sua filha nasceu com hidrocefalia, que também é conhecido como ‘água no cérebro’. “Isso afetou a visão dela. Ela também não pode levar susto”.

Imagem cedida.

A preocupação de Carlos com os animais nasce da despreocupação de algumas pessoas, como as que abandonam animais como se fossem objetos. “Gostaria muito que as pessoas tivessem consciência. Venho cuidando dos animais já tem seis anos e, nisso, eu cuido e coloco para adoção. Tenho muito amor e carinho por eles. Vejo tantas situações nas ruas que me parte o coração”, disse.

Mas a conta chegou e está chegando a cada dia. “Atualmente não estou dando conta. Meu último emprego foi em agosto de 2020. Trabalhei descarregando navio, mas fui demitido por conta da pandemia. Hoje não consigo nem pagar meu aluguel”, afirmou Alexandre, que atualmente encontra-se desempregado e está com a situação financeira crítica. “A proprietária já pediu a casa onde moro com minha esposa, minha filha e os animais”.

Interessados em ajudar a família com ração para os animais ou oportunidades de emprego podem entrar em contato com Alexandre pelos telefones (12) 98202-2563 ou (12) 98206-7190.

Fonte: Costa Norte

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.