Em quatro meses, Sorocaba (SP) resgata mais de 70 animais vítimas de maus-tratos

Em quatro meses, Sorocaba (SP) resgata mais de 70 animais vítimas de maus-tratos
Entre janeiro e abril deste ano, 73 cães e gatos vítimas de maus-tratos foram resgatados pela Prefeitura de Sorocaba (SP).

Entre janeiro e abril deste ano, 73 cães e gatos vítimas de maus-tratos foram resgatados pela Prefeitura de Sorocaba (SP).

Nos primeiros quatro meses do ano, a equipe da Seção de Proteção e Bem-Estar Animal averiguou 438 denúncias envolvendo cães e gatos (confira o balanço completo no fim desta reportagem).

Após verificar a situação em que o animal se encontra, a equipe pode estipular um prazo para que os tutores façam todas as adequações necessárias.

Já em situações extremas, quando o animal corre risco de morte, ele é levado para a Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal, onde recebe todos os cuidados necessários para a sua recuperação e, em seguida, é encaminhado para a adoção.

Um boletim de ocorrência também é registrado na Delegacia de Polícia para autuação dos responsáveis. Nestes casos, a multa pode chegar a R$ 4 mil nas situações mais graves por animal que é vítima.

Entre as várias situações consideradas maus-tratos a animais estão:

  • Abandono;
  • Agredir fisicamente animais indefesos;
  • Envenenar animais;
  • Manter preso de forma permanente em correntes;
  • Manter em locais pequenos e sem higiene;
  • Não abrigar do sol, da chuva e do frio;
  • Deixar o animal sem ventilação ou luz solar;
  • Não oferecer comida e água diariamente. 

Denúncias
 
Segundo a prefeitura, todo morador pode e deve acionar o Executivo em casos de abandono ou maus-tratos de animais pelo telefone 156 ou por mensagens pelo número da Ouvidoria Geral do Município (15) 99129-2426, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Já aos fins de semana e feriados, o contato deve ser feito pelo telefone da Guarda Civil Municipal, 153, e uma equipe é direcionada para tomar as devidas providências.

A população também pode registrar pessoalmente um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia ou denunciar via internet, por meio da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA).

Na DEPA, é necessário identificar-se para fazer a denúncia e o sigilo dos dados é preservado, se o denunciante fizer essa opção pela privacidade no momento do cadastro.

As providências tomadas pela polícia poderão ser acompanhadas por meio de número de protocolo gerado após a efetivação da denúncia, com o número do CPF do denunciante informado.

Confira o balanço completo entre janeiro e abril:
 
Janeiro
96 denúncias averiguadas e sete resgates realizados.
Fevereiro
131 denúncias averiguadas e 18 resgates realizados.
Março
102 denúncias realizadas e 11 resgates realizados.
Abril
109 denúncias realizadas e 37 resgates realizados.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.