Em Ribeirão Preto (SP), vaca achada morta com sinais de maus-tratos gera indignação

Em Ribeirão Preto (SP), vaca achada morta com sinais de maus-tratos gera indignação

Animal em terreno baldio estava degolado e sem os membros inferiores. Advogada de ONG diz que dono pode ser responsabilizado criminalmente.

SP ribeiraopreto abandona vaca

Uma vaca encontrada morta na manhã desta quinta-feira (19) em um terreno na Avenida Marechal Costa e Silva, em Ribeirão Preto (SP), causou indignação em um grupo de moradores e defensores dos animais. Segundo eles, o bicho tinha um grande corte no pescoço e estava sem os membros inferiores da parte traseira. Ele teria sido deixado doente no local há uma semana.

A advogada Caroline Pereira Simões, que é integrante de um grupo de proteção dos animais, diz que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) deveria ter prestado assistência ao animal, já que foi comunicado sobre o problema. Ainda segundo a protetora, o dono pode ser responsabilizado criminalmente.

A Prefeitura informou que a responsabilidade sobre o caso é do dono da vaca. O suposto proprietário não foi localizado.

O motorista José Romeu Corato, que passa diariamente pelo local no bairro Campos Elíseos para ir ao trabalho, disse que encontrou a vaca no terreno há quatro dias. Ele conta que passou a levar água para o animal, e que nesta quinta-feira a encontrou morta. “Eu tentei ajudar de alguma forma. Cheguei a ligar no Centro de Controle de Zoonoses, que informou que não era de competência deles e me mandaram ligar na Guarda Civil. Ficou um me passando para o outro, até que hoje de manhã eu encontrei ela desse jeito. É um descaso das autoridades”, diz.

Segundo a advogada Caroline, a responsabilidade pelo recolhimento do animal para tratamento é do Centro de Controle de Zoonoses. “Eles teriam que retirá-la e fazer alguma coisa para minimizar o problema. Não fizeram nada por falta de estrutura e por omissão. Eles não têm preparo para lidar com esses problemas e acabam passando o caso para as ONGs.”

Ainda de acordo com Caroline, o proprietário da vaca pode responder pelo crime de abandono de animal, podendo pegar de 15 dias a seis meses de detenção. Ela afirma que se ficar comprovado que o dono matou o bicho, ele poderá responder pelo crime de maus-tratos seguido de morte.

Por telefone, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Ribeirão Preto informou que a responsabilidade pelo caso é do dono da vaca. O corpo do animal será recolhido por uma equipe do CCZ, mas a data não foi informada, já que o local está fechado em razão do feriado de Corpus Christi.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.