Em seis meses, 2.550 animais são esterilizados pelo Castramóvel em Bragança Paulista, SP

Em seis meses, 2.550 animais são esterilizados pelo Castramóvel em Bragança Paulista, SP

Em seis meses de implantação, o Castramóvel realizou 2.550 castrações, contribuindo para a política de bem-estar animal e controle populacional. No último final de semana, o programa de esterilização de cães e gatos do município contabilizou 290 animais castrados e microchipados na zona rural.

Os mutirões aconteceram em frente à Igreja de São Martinho, no Bairro do Agudo, e na Unidade Básica de Saúde Mãe dos Homens “Farmacêutico Felício Lonza”.

A castração não serve só para evitar que nasçam filhotes, pois ao serem esterilizados, os animais ficam mais caseiros e saem menos. Dessa maneira, a chance de serem atropelados, envenenados ou maltratados é menor. Além disso, deixam de brigar e correm menos risco de serem infectados por doenças transmitidas pelo ato sexual e por mordidas.

Essa medida também protege as pessoas contra zoonoses (doenças infecciosas capazes de ser naturalmente transmitidas entre animais e seres humanos). Outros problemas de comportamento como, por exemplo, a necessidade de urinar para demarcar território, são reduzidos ou eliminados com a castração, e o risco dos animais desenvolverem certos tumores e infecções em idade avançada é bastante reduzido.

SAMUVET

O Atendimento Móvel de Urgência Veterinária – SAMUVET é pioneiro na região bragantina. O SAMUVET funciona 24h com resgate de animais sem dono em situação crítica, com serviços otimizados que possibilitam o contato dos munícipes através de mensagens, foto ou vídeo do animal, além de sua localização.

O serviço do SAMUVET pode ser acionado pelo telefone (11) 94304-1312, ligação ou WhatsApp, apenas em casos realmente de emergência. Mais informações sobre esses serviços podem ser obtidas na Secretaria do Meio Ambiente, localizada no Parque Luiz Gonzaga da Silva Leme (Jardim Público), situado na Rua Madre Paulina, Centro, nº 301, ou pelo e-mail [email protected], ou pelo telefone (11) 4034-6780.

Fonte: Jornal Mais Bragança

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.