Em um ano, o Núcleo de Bem-Estar Animal já realizou mais de quatro mil castrações em Criciúma, SC

Em um ano, o Núcleo de Bem-Estar Animal já realizou mais de quatro mil castrações em Criciúma, SC

A castração traz benefícios para a saúde dos animais, como a prevenção de câncer de mama e de próstata. Completando um ano de inauguração nesta semana, o Núcleo de Bem-Estar Animal (NBEA) já castrou quatro mil animais, sendo mil já este ano. O espaço faz parte também da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri).

No ano passado foram três mil castrações, sendo 2.700 cães e 300 gatos. Conforme a presidente da Famcri, Anequésselen Bitencourt Fortunato, as iniciativas para o cuidado dos cães e gatos não beneficiam somente a saúde do animal, mas também do ser humano. “A cada R$ 1 investimento na saúde animal, é economizado R$ 27 na saúde humana. Este cuidado reflete diretamente na vida humana”, completou a presidente. Até agosto, já tem mais de 950 castrações agendadas.

Como funciona

O interessado em fazer a castração do seu bichinho precisar ir até o núcleo para realizar o cadastro. A pessoa precisa levar CPF, RG, comprovante de residência e comprovante de renda de até três salários mínimos.

Conforme a veterinário do NBEA, Bibiana Burger, as castrações são destinadas para os donos em vulnerabilidade social. “Pessoas autônomas ou desempregadas precisam se dirigir até o CRAS do seu bairro e solicitar a declaração de baixa renda. As pessoas podem castrar até quatro animais no seu nome”, explicou. As castrações são realizadas por uma clínica vencedora do processo licitatório, mas todo o agendamento é feito pelo NBEA.

Benefícios

Além do controle populacional dos animais de ruas, as principais vantagens da castração em fêmeas é a diminuição no número de casos de câncer de mama e em machos a diminuição do índice de câncer de próstata. Como um todo, a castração ameniza o instinto de território e o comportamento agressivo, proporcionando uma longevidade na vida dos animais.

Atendimentos clínicos

Além disso, o NBEA tem um espaço para atendimentos clínicos e ambulatoriais. O espaço começou a atender em abril e até agora já foram 40 consultas. “São atendimentos de baixa complexidade, como questões de pele e vacinação. Caso não se enquadre, é feito o encaminhamento para uma clínica”, explicou a veterinário do NBEA, Bibiana Burger. As consultas são destinadas para animais de rua e com donos em vulnerabilidade social.

A NBEA fica localizado na rua Miguel Patrício de Souza, bairro Bosque do Repouso, anexo ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O horário de atendimento é das 7h às 11h30 e das 13h às 16h. O telefone para contato é o 3445-8729.

Fonte: Engeplus

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.