Em um mês, 170 animais marinhos encalharam no litoral do Paraná

Em um mês, 170 animais marinhos encalharam no litoral do Paraná
Foto: Divulgação-LEC

Balanço do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC), da Universidade Federal do Paraná (UFPR) mostra que durante o mês de novembro o litoral do Paraná registrou 170 encalhes de animais marinhos, sendo 154 mortos e 16 vivos.

As espécies com maior número de registros no período foram as aves oceânicas conhecidas como Bobos-pequenos (Puffinus puffinus), espécie que liderou com 51 registros.

As tartarugas-verde (Chelonia mydas) vieram em segundo lugar com 37 indivíduos e as tartarugas-cabeçuda (Caretta caretta) com 25 encalhes.

Com relação aos golfinhos costeiros residentes no Paraná, os cientistas seguem preocupados com o número elevado de mortalidade de espécies como botos-cinza (Sotalia guianensis), que representaram 10 encalhes, e a toninha (Pontoporia blainvillei) com oito registros apenas neste mês.

Fonte: Bem Paraná

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.