Encontro de Veganxs ocorrerá dia 1° novembro em Ponta Grossa (PR)

Encontro de Veganxs ocorrerá dia 1° novembro em Ponta Grossa (PR)

Dia 1° de novembro é o Dia Internacional do Veganismo. A data é lembrada como o aniversário da Vegan Society, fundada na Inglaterra em 1944, quando Donald Watson convocou uma reunião com outras pessoas que já rejeitavam produtos de origem animal, como Elsie Shrigley. A data é comemorada desde 1994, quando a Vegan Society completou 50 anos desde a sua fundação. 

Membros dos Abolicionistas Veganos (AVEG), em Ponta Grossa (Paraná), com o apoio de grupos e pessoas de vários locais do país, estão promovendo nesta data o “Encontro de Veganxs”, com o objetivo de chamar grupos para discutir o veganismo no Brasil, compartilhar experiências e fortalecer a articulação entre o movimento abolicionista vegano.

Pela manhã ocorrerá o lançamento do livro “Educação e Direitos Animais”, com a participação de Leon Denis (organizador), Sônia T. Felipe, Marcela Teixeira Godoy, Andresa Jacobs, Sarah Rodrigues dos Santos, todos colunistas e colaboradores da Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA).

À tarde os grupos e pessoas inscritas farão seus relatos de ativismo, que serão base para a discussão sobre a conjuntura, avanços e desafios.
O evento é aberto e gratuito. Os interessados em fazer seus relatos devem enviar email para [email protected] com os seguintes dados:

Nome do grupo;
Nome do representante;
Links (facebook, blog, site);
Fone de contato;
Cidade e estado.

Mais informações podem ser consultadas na página do AVEG e na página do evento no facebook:

facebook.com/AbolicionistasVeganosAVEG

facebook.com/events/1542221662665898/?ref=2&ref_dashboard_filter=hosting

Como chegar:

Sede do Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (SINDUEPG):
Alameda Nabuco de Araujo, 500, Bairro Uvaranas.
Em frente à entrada da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) pelo Colégio Agrícola.
Ponta Grossa – Paraná.

PR pontagrossa encontrovegano

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.