Segundo a polícia, o animal foi agredido até a morte com bloco de concreto

Enfurecido por término de relacionamento, homem agride companheira e mata cadela prenha

No final da tarde desta quinta-feira (2/8) um homem foi preso por matar friamente uma cadela que estava prenha e agredir a companheira, na cidade de Tiros, em MG. Segundo a Polícia Militar, a motivação para o comportamento violento, está relacionada a uma crise de ciúmes, já que a mulher tentava dar fim ao relacionamento entre os dois.

De acordo com a polícia, uma denúncia via 190 alertava que no bairro Lagoinha, Hamilton Teófilo da Silva, de 40 anos, estava agredindo uma cadela com um bloco de concreto. Enquanto a viatura se deslocava para atender a ocorrência, uma mulher de 46 anos que é companheira dele, também denunciou aos policiais ter sido agredida.

Os militares constataram que a cadela estava grávida e foi morta com o uso de um bloquete de concreto que é utilizado para pavimentação. A mulher disse aos policiais que Hamilton se enfureceu ao tomar conhecimento que ela deseja terminar o relacionamento, e que por isso, além de lhe agredir com um martelo, deu fim a vida do animal para se vingar.

Diante do flagrante, Hamilton Teófio que já tem passagens por agressão, foi detido e conduzido para a delegacia de plantão em Patos de Minas, e deve responder por lesão corporal prevista na Lei Maria da Penha e maus-tratos.

Fonte: Patos Já

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.