Equador desmantela rede de tráfico de barbatanas de tubarão

Equador desmantela rede de tráfico de barbatanas de tubarão

A polícia equatoriana apreendeu, cerca de 200.000 barbatanas de tubarão, que iam ser exportadas, ilegalmente, para a Ásia.

EQUADOR Shark fins Hong Kong 1140x641

As barbatanas, habitualmente usadas para fazer sopa, foram descobertas após rusgas a nove locais, na cidade costeira de Manta. Seis suspeitos, incluindo pessoas de nacionalidade chinesa, foram presos, sob acusações de destruição da vida selvagem.

O Ministro do interior, Jose Serrano, diz que, pelo menos, 50.000 tubarões foram mortos pelos traficantes. Acrescenta que, as autoridades, “desferiram um forte golpe, na rede internacional de tráfico de barbatanas de tubarão. Temos de acabar com estas redes criminosas, que estão apenas preocupadas com os seus interesses económicos, e destroem o ecossistema.

A pesca ao tubarão é proibida no Equador, e nenhuma parte do animal pode ser vendida, a não ser que fiquem acidentalmente presos nas redes de pesca.

Fonte: Gazeta do Rossio/BBC News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.