Equipe do Setor Público trabalha no resgate de animais em áreas alagadas no PR

Equipe do Setor Público trabalha no resgate de animais em áreas alagadas no PR

PR uniaodavitoria alagamento resgate

Além de trabalhar no resgate de cães, gatos e cavalos abandonados nas residências, pelas famílias desabrigadas e desalojadas, a equipe do Setor Público de Defesa dos Direitos dos Animais de União da Vitória dá suporte às pessoas que estão em abrigos públicos, e que levaram seus animais para estes locais.

A coordenadora do Setor, Marlene Goulart, reforça que, os animais podem ser levados aos abrigos públicos, desde que fiquem do lado de fora destes ambientes. Por isso, na medida do possível, é disponibilizado ração, coleira, corrente, casas, entre outros itens necessários.

Muitas pessoas que estão em casas de familiares ou amigos, abandonaram cães, gatos e cavalos, nas áreas alagadas, e de acordo com Marlene, isso tem dificultado o trabalho. A orientação é que, as famílias que saíram de suas residências e deixaram estes animais, os quais estão ilhados, solicitem o apoio ao Setor e ao Corpo de Bombeiros, para resgatá-los. E, a sugestão é, os parentes e amigos que recebem as famílias desalojadas, que aceitem também os animais. “É por pouco tempo”, observa Marlene.

O apoio dos protetores independentes neste processo é fundamental, de acordo com Marlene. Essas pessoas promovem campanhas de arrecadação de ração, constroem abrigos e saem às ruas alimentar os animais abandonados, entre outras ações. “Sozinhos não conseguiríamos atender a demanda”, afirma.

Serviço

Mais informações podem ser obtidas no Setor Público de Defesa dos Direitos dos Animais, situado no antigo prédio da Prefeitura. Os telefones para contato são 3522 – 4748 / 9975 – 7531 / 9930 – 5435.

Fonte: O Iguassú

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.