Espanha: Maioria é contra uso de recursos públicos para corridas de touros

Espanha: Maioria é contra uso de recursos públicos para corridas de touros

Libera alcança 260.000 assinaturas para acabar com as corridas de touros na Galícia.

Tradução de Marli Vaz de Lima

Espanha coruna corridatouro1

A associação em prol dos animais Libera informou que já alcançou as 260.000 assinaturas para acabar com as corridas de touros, uma iniciativa à qual já aderiram também 12 municípios.

Libera explicou em um comunicado que o Ourense foi o último a aderir ao grupo de municípios que rejeitam as corridas de touros e qualquer apoio público a uma atividade de maus-tratos aos animais, os quais pertencem à Rede de Municípios Galegos pela Abolição.

A associação ressalta que conta também com o apoio de grupos parlamentares para que não se continue com uma atividade que – afirma – “só beneficia aos empresários e toureiros e, segundo estimativas, supõe um desembolso de 35 milhões de euros a cada ano em impostos por parte dos galegos”.

Insiste que se trata de una atividade que não conta com respaldo social e cita um estudo sobre práticas e hábitos culturais, do Ministério da Cultura, que evidenciou que 99,2% dos cidadãos do território galego declarou não assistir a este tipo de espetáculos de maus tratos aos animais e que pesquisas locais concedem uma ampla maioria ao fim dos subsídios públicos em cidades como La Coruña.

Finalmente, recorda que no Parlamento está registrada desde princípios do ano uma proposta de lei para eliminar a exceção na normativa galega que permite as corridas de touros na Comunidade.

Fonte: La Opinión

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.