Espanha: Prefeitura de Barcelona rejeita expor imagem “daliniana” do toureiro Morante

Espanha: Prefeitura de Barcelona rejeita expor imagem “daliniana” do toureiro Morante

A imagem fazia parte de um anúncio da feira de touros do Pilar de Zaragoza que estava previsto para ser pendurado no Paseo de Colón, no entanto o governo de Ada Colau remeteu um comunicado à equipe de Morante informando que “esta Administração não aprova a criação apresentada”.

Tradução Adriana Aparecida Shinoda Marques

Espanha Barcelona anuncio toureiro

A Prefeitura de Barcelona recusou exibir em sua cidade um outdoor do toureiro José Antonio Morante de la Puebla caracterizado como Salvador Dalí, mostrando que é “contrária às corridas de touros e a favor dos direitos dos animais”.

Assim confirmaram fontes da Prefeitura de Barcelona e da equipe jurídica de Morante de la Puebla, cuja imagem “daliniana”, obra do fotógrafo José Ramón Lozano, se pretendia pendurar em um edifício do Paseo de Colón da capital do condado para promover a Feira del Pilar de Zaragoza.

O governo de Ada Colau remeteu um comunicado à equipe de Morante assinalando o seguinte: “Haja vista a imagem que nos enviaram no dia dois de outubro para a instalação de uma tela publicitária de grande formato no Paseo de Colón, informamos que esta Administração não aprova a criação apresentada. Em 2004 o Município de Barcelona aprovou uma declaração onde se manifesta contrária às corridas de touros e favorável aos direitos dos animais”, assinala a nota.

Nesta declaração de 2004, o município faz lembrar que Barcelona “tem uma longa trajetória de proteção aos animais” e que o touro “não é um animal agressivo”, senão apenas um mamífero que “diante da agressão e da tortura simplesmente decide fugir”. A Prefeitura, portanto, considera os animais “como organismos dotados de sensibilidade psíquica, além de física”, e reafirma seu compromisso de “não causar sofrimento desnecessário aos sujeitos protagonistas do meio e aos animais”.

Para o círculo do toureiro da La Puebla del Río (Sevilla), esta decisão do município de Barcelona resulta como “um ultraje à liberdade de expressão”, uma vez que na imagem na qual se vê Morante de la Puebla com o dorso nu e caracterizado como Dalí “não há nada de maus-tratos aos animais nem se faz a mínima apologia a nada”, acrescentam as fontes.

Morante de la Puebla pagaria 50.000 euros aos vizinhos do imóvel onde seria colocado o painel de propaganda, e 12.000 euros à própria Prefeitura de Barcelona, que com esta decisão renuncia ao dinheiro. No ano de 2013, o governo dos partidos de Convergencia i Unió já rejeitou uma imagem do toureiro Juan José Padilla na publicidade de uma exposição de fotografias.

A fotografia “daliniana” de Morante se encontra emoldurada em uma campanha publicitária na qual diversos toureiros como El Juli, Diego Urdiales, Alejandro Talavante e Alberto López Simón “tiram a roupa” em busca de reivindicar os valores do toureiro e de difundir também a Feira del Pilar, que acontece em Zaragoza.

Fonte: 20 Minutos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.