Espanha: Veterinários pedem cancelamento da ‘Bezerrada em homenagem à mulher de Córdoba’

Espanha: Veterinários pedem cancelamento da ‘Bezerrada em homenagem à mulher de Córdoba’

A AVATMA (Associação de Veterinários Abolicionistas da Tauromaquia e dos Maus-tratos aos Animais) aposta no fim deste tipo de espetáculo, e faz um apelo à Escola de Veterinários de Córdoba, para que nenhum veterinário se preste a ser partícipe do mesmo.

Tradução de Adriana Shinoda Marques

espanha bezdecordoba1

No próximo dia 01 de junho, na Praça de touros Los Califas (Córdoba), será celebrado o que ali se denomina “Bezerrada em homenagem à mulher de Córdoba”. As bezerradas consistem na prática de tortura com o capote, espetos, bandarilhas, açoite, estocada e adaga, em bovinos machos de raça de lida de um ano (novilhos) ou de menos de dois anos, que poderão ter suas defesas enfraquecidas na parte da frente dos chifres.

É sem dúvida o espetáculo mais cruel dos que reúne o Regulamento de Touros de Andaluzia, de acordo com seu decreto 68/2006 de 21/03. Os alunos de escolas de tauromaquia de Andaluzia, aprendizes da violência animal, ficarão a cargo de exercitar sobre estes indefesos novilhos tudo o que lhes é ensinado em seus anos de formação. A presença de crianças de qualquer idade, acompanhados única e exclusivamente de mulheres, torna o espetáculo ainda mais grotesco.

A AVATMA documentou através de um vídeo e uma reportagem fotográfica, que acompanham este texto, a bezerrada celebrada na mencionada arena de touros em 2011, quando Córdoba pleiteava ser a Capital Europeia da Cultura em 2016. Um amplo dossiê informativo foi enviado ao Comitê que decidiria a cidade a ser agraciada com este reconhecimento, que teve por resposta da parte dos responsáveis em concedê-lo, o agradecimento. A Capital Europeia da Cultura no ano de 2016 será San Sebastián.

A associação (AVATMA) aposta no fim deste tipo de espetáculos, e faz um apelo à Escola de Veterinários de Córdoba, para que nenhum veterinário se preste a ser partícipe do mesmo. O abuso animal não deve fazer parte dos nossos labores profissionais, e mais ainda se exercido sobre animais tão jovens.

Clique aqui e veja fotos da “bezerrada” de 2011.

Fonte: Cabra Información

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.