Este americano desistiu de seu plano de uma aposentadoria relaxante para criar um abrigo de animais na Índia

Este americano desistiu de seu plano de uma aposentadoria relaxante para criar um abrigo de animais na Índia

Por Veronica Chavez / Tradução de Alda Lima

Nos Estados Unidos, as pessoas trabalham muito duro durante a carreira e, por isso, quando chega a hora de finalmente se aposentarem, não é nenhuma surpresa que muitas vão para lugares distantes para passar o resto de seus dias relaxando. Algumas vão para a Flórida, algumas voltam para seus países de origem, e algumas vão para terras que nunca visitaram em busca de uma nova experiência. Quando Leslie Robinson estava prestes a completar 70 anos, ele decidiu que seu destino de aposentadoria seria o Himalaia, mas primeiro ele iria parar em Tiruvannamalai, Tamil Nadu, na Índia, por cerca de 10 dias. Mal sabia ele que ele iria descobrir informações que o inspirariam a ficar lá pelos próximos 10 anos.

Sendo um amante dos animais, Robinson simplesmente não podia deixar a cidade onde estava hospedado quando descobriu que as autoridades locais tinham planos de matar cães de rua em alguns dias, como um meio de controle populacional. Centenas de telefonemas depois, Robinson conseguiu atrasar o plano com uma contingência: um programa de controle populacional alternativo teve que ser definido no lugar. Sabendo que ninguém iria se oferecer, (já que ninguém o tinha feito nos últimos 40 anos), ele decidiu abandonar seu plano de fugir para o Himalaia e em vez disso criar o Arunachala Animal Sanctuary and Rescue Shelter.

Agora com 80 anos de idade, Robinson trabalha com uma equipe de 23 pessoas para ajudar o maior número de cães de rua possível, e dado o número de animais desabrigados nas ruas da Índia, o trabalho parece nunca acabar.

India americano abrigo animais

As pessoas ou levam animais de rua feridos para o abrigo, ou a equipe de Robinson os convence até que eles se sintam seguros e estejam dispostos a voltar para o santuário com eles.

India americano abrigo animais2

No santuário, os cães recebem água e comida, espaço para passeios, cuidados veterinários, e muitos abraços! A clínica de Arunachala recebe até 800 pacientes por mês.

India americano abrigo animais3

Por mais que eles trabalhem principalmente com cachorrinhos, outros animais também recebem abrigo e cuidados, se necessário.

India americano abrigo animais4

O fato de eles ajudam qualquer animal mostra o quão compassivo o centro é para com todos os seres vivos.

India americano abrigo animais5

A escolha de Leslie Robinson de entrar no mundo do resgate de animais — uma escolha muitas vezes desanimadora e pesada — é verdadeiramente inspiradora. Milhares de animais na Índia devem suas vidas à sua bondade.

A determinação de Robinson em ajudar os animais é verdadeiramente admirável. Num mundo em que tantas pessoas se afastam em face da dificuldade, especialmente quando se tem a ver com animais e não seres humanos, Robinson decidiu reorganizar sua vida para ajudar os outros. Quando Robinson fundou o abrigo, ele usou suas economias e, mais tarde, foi apoiado por doadores privados. No entanto, o abrigo não tem dinheiro mais que suficiente para os próximos 3 a 6 meses, enquanto o volume de animais que precisam de ajuda sobe continuamente. Se você ficou inspirado pela história de Robinson e gostaria de ajudar a manter o abrigo funcionando, pode ajudá-lo doando aqui.

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.