‘Estrangulador’ de gatos condenado a seis meses de prisão

‘Estrangulador’ de gatos condenado a seis meses de prisão
Foto: Pixabay

Além da pena em regime fechado, o indivíduo de 28 anos vai pagar uma multa de 2.400 euros. Está proibido de voltar a ter animais.

Um homem de 28 anos, suspeito de vários crimes contra animais, foi condenado a seis meses de prisão, esta segunda-feira, pelo tribunal criminal de Hasselt, na Bélgica. Considerado culpado da morte de pelo menos um gato , o “estrangulador” como é chamado pela imprensa do país vizinho, é suspeito de ter assassinado outros seis animais. Além da pena em regime fechado, vai pagar uma multa de 2.400 euros. Está também “permanentemente” proibido de ter algum animal em sua posse. 

“O facto é macabro e chocante. O réu demonstrou uma total falta de respeito pela vida e bem-estar do animal. Os factos falam muito sobre a forma como o homem está na vida. A sua personalidade é caracterizada por agressões incontroláveis”, constatou o tribunal.

Num caso com contornos tétricos, o homem terá cometido os crimes no contexto de uma relação amorosa. Foi descoberto precisamente quando a então companheira instalou uma webcam, desconfiada do desaparecimento sucessivo dos animais. Estávamos a 12 de dezembro, quando o indivíduo foi filmado a estrangular e a atirar ao chão um gato de onze semanas. Ao que tudo indica, quereria mostrar o quanto estava frustado com o relacionamento que durou sensivelmente dois anos. 

Fonte: Contacto / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.