Estudante de veterinária é detido por maus-tratos a cachorro, em Uberlândia, MG

Estudante de veterinária é detido por maus-tratos a cachorro, em Uberlândia, MG

Animal foi preso à motocicleta e arrastado, pelo sobrinho dele, pelas ruas do bairro São Jorge; suspeitos vão responder pelo crime em liberdade.

Por Gustavo Lameira

MG uberlandia caoarrastado cachorro sao jorge 1

Dois homens foram detidos por maus tratos a um cachorro em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, neste sábado (24). Moradores do bairro São Jorge contaram à Polícia Militar que o cão estava amarrado a uma motocicleta e que era arrastado pelas ruas. Um dos suspeitos é estudante de veterinária.

A Polícia Militar (PM) fazia um patrulhamento de rotina e flagrou, de longe, apenas o momento em que o motociclista descartou um “objeto” que se mexia, em um matagal, deixando o local em seguida.

Desconfiados, os militares entraram no terreno e encontraram o cachorro com diversos ferimentos, agonizando. O suspeito, de 36 anos, foi alcançado e disse à polícia que havia jogado fora o animal a pedido de um tio. O cão estaria muito doente e os tratamentos não estariam sendo eficazes.

O homem, de 43 anos, foi localizado, confirmou a história do sobrinho e disse ainda ser estudante de veterinária.

De acordo com a PM, o cachorro foi deixado aos cuidados de uma veterinária, em uma clínica particular do bairro Granada. A profissional disse que o estado do animal era grave e que o aspecto dele, para além daquelas lesões, era de constantes maus tratos.

A motocicleta foi apreendida. Tio e sobrinho foram levados para Delegacia de Plantão de Uberlândia, assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e irão responder pelo crime em liberdade.

MG uberlandia caoarrastado cachorro sao jorge

Fonte: O Tempo (fotos do site UIPI)

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.