Estudante denuncia maus-tratos em CCZ de Guaraí (TO) ‘tinha gato morto com os demais’

Estudante denuncia maus-tratos em CCZ de Guaraí (TO) ‘tinha gato morto com os demais’
Vários gatos estavam na mesma grade (Fotos: Arquivo Pessoal)

A estudante Nathany Roessler denunciou maus-tratos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em Guaraí, região central do Tocantins, através de uma postagem em uma rede social. Ela foi ao local nesta quarta-feira (21) para adotar um gato, e diz ter ficado chocada com a situação.” Tinha um gato morto junto com os demais”, desabafou em publicação.

Segundo a estudante, os animais estavam em meio a sujeira e com ferimentos. “Senti um cheiro forte e ao olhar para dentro daquela grade pequena cheia de gatos, vi um animal morto. Tinham também gatos com fraturas expostas e outras deformações por causa do pouco espaço. Chorei e perdi até a vontade de almoçar ao chegar em casa”, explica.

A estudante também relatou que a ração dos cães e gatos estava molhada e com mofo, além da água estar suja. Os animais ainda estariam em jaulas pequenas e cheias de fezes. “Eu ouvia falar que o CCZ estava em situação precária, mas não imaginei que era tanto. Estou muito abalada e indignada com a situação. Vou fazer denúncia no Ministério Público.”

Nathany disse que ao chegar ao local, questionou as condições precárias. “Eu perguntei se tinha veterinário lá e com que frequência alguém cuidava deles. O funcionário me contou que tinha veterinário, mas que não havia passado por lá nesta quarta-feira”.

A jovem e afirma ser apaixonada por bichos e disse estar disposta a ajudar de forma voluntária a cuidar dos animais do CCZ. “Posso lavar o local onde eles ficam e recolher as fezes”, propõe.

O G1 tentou contato com o CCZ e com a Prefeitura de Guaraí, mas as ligações não foram atendidas.

Grades estariam cheias de fezes
Grades estariam cheias de fezes
Ração dos animais estava molhada e mofada
Ração dos animais estava molhada e mofada

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.