Estudante encontra filhote de onça ferido ao chegar em casa, no AM

Estudante encontra filhote de onça ferido ao chegar em casa, no AM

Felino comeu ração para gatos após ser encontrado, diz universitário. Filhote foi resgatado pelo Ibama; animal tinha ferimento em uma das patas. 

Por Leandro Tapajós

Um filhote de onça foi encontrado, neste sábado (9), por um universitário dentro de uma residência em um sítio localizado próximo da estrada AM-010, no município de Rio Preto da Eva, a  57 km de Manaus. O animal tinha um ferimento em uma das patas e, segundo o estudante, foi resgatado por funcionários do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). 

AM rio preto da eva onça ferida

Angelo Giovanni, de 18 anos, conta que levou um susto ao chegar em sua casa, por volta das 11h, e encontrar marcas de sangue dentro do imóvel. “Eu fui comprar almoço. Ai, quando cheguei, abri a porta e me deparei com sangue. Fiquei assustado. Logo depois vi um animal deitado no meu sofá. Fiquei com medo, mas fui me aproximando discretamente. Peguei um tênis, botei minha mão dentro, e fui chegando perto. Comecei a dar carinho, a acariciar com a mão protegida. Depois eu tirei o tênis e toquei no corpo dela para ver se não estava machucada. Ela estava ferida na pata, mancando”, disse ao G1.

O estudante de direito contou ainda que, após limpar o filhote com água, deu leite e ração de gato para o felino. Ele relata que é a primeira vez que uma onça aparece no local. O jovem acredita que o filhote pode ter escapado de uma caça. Ele teme que a mãe do animal esteja nas proximidades. “Ela provavelmente deve ter sido caçada. Era o que aparentava ser”, disse.

AM rio preto da eva onça ferida 2

Segundo Angelo, após o filhote se alimentar, ele acionou o Ibama. “Eu fiquei com ela até umas 15h30. Liguei para o Ibama, depois apareceram aqui com cinco rapazes. Eles examinaram a onça e a levaram”, lembra.

O G1 tentou contato com o Ibama, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.