Estudantes de Teresina (PI) se mobilizam para arrecadar doações para a Apipa

Estudantes de Teresina, que integram o Interact Club Teresina Piçarra, em meio aos estudos, reúnem-se quinzenalmente para tratar de temas referente a capital e realizar ações em prol da comunidade. Entre as reuniões, o grupo organizou uma campanha de doação para a APIPA(Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais). A ONG é sediada em Teresina e tem por finalidade proteger e assistir animais carentes por meio de trabalho voluntário.

“Vimos uma notícia na internet, que a APIPA estava precisando de doações. Em conversa nas nossas reuniões, decidimos ajudar. Começamos a nos articular e agora em outubro vamos realizar uma campanha para a coleta de doações de material de limpeza e ração para a Associação”, explicou a presidente do Interact, Carolina Vasconcelos.

O grupo está mobilizando estudantes de escolas da capital e disponibilizará caixas nas instituições para receber as doações. Além das escolas, o Interact também estará recebendo doações na G&G Agro e Lazer, localizada na Avenida Presidente Kennedy, 1870, no bairro São Cristovão.

“Além das doações, vamos realizar uma rifa. Os recursos arrecadados serão repassados a APIPA para a realização de procedimentos médicos que os animais precisam. A entrega do material arrecadado acontecerá no dia 20 de novembro, no Parque do Cidadania, com o show de uma banda teresinense”, contou a estudante.

Carolina informou ainda que o grupo quer trabalhar por uma maior fiscalização das autoridades competentes quanto ao cumprimento da lei para evitar os maus tratos dos animais. “Queremos após esse período de arrecadação de doações, buscar meios para que a lei que existe sobre os maus tratos de animais seja cumprida e quem desrespeitar seja punido”, afirmou a presidente do Interact.

O Interact é um grupo apadrinhado pelo Rotary Club Teresina Piçarra, que incentiva os jovens de 12 a 18 anos a participarem de atividades de prestação de serviço comunitário, liderança, companheirismo e relações internacionais entre seus grupos. Para participar, não necessariamente o jovem precisa ser filho de rotariano, basta se identificar com os princípios do Interact e ser aprovado pelo grupo.

Os Interact Clubs realizam ações e projetos na comunidade, e por meio de tais iniciativas, os interactianos formam uma rede de amigos em clubes locais e do exterior, aprendendo a importância de desenvolver qualidades de liderança e integridade pessoal; prestar auxílio e respeitar o próximo; entender o valor da responsabilidade individual e da dedicação ao trabalho; promover a compreensão e boa vontade mundiais.

“O Interact contribui para que o jovem entenda mais cedo seu papel de cidadão e que possa ajudar a sua comunidade. O grupo realiza ações sociais, aprendendo desde cedo o valor da responsabilidade e desenvolvendo o ideal de ajudar ao próximo”, ressaltou o presidente do Rotary Club de Teresina Piçarra, Fábio Martins.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.