EUA Bronx elefante solitario H

EUA: Grupo ativista ataca o Zoo do Bronx por causa de um elefante solitário

Por Sophia Rosenbaum / Tradução de Alice Wehrle Gomide

EUA Bronx elefante solitario

Uma organização pelos direitos dos animais atacou o Zoo do Bronx no começo do mês, declarando o lugar como um dos piores parques de vida selvagem do país, colocando-o no “Hall da Vergonha” pelo tratamento da sua muito famosa elefanta.

“A desonra deste ano vai para o Zoo do Bronx que tem mantido uma elefanta asiática, ironicamente chamada de Happy, em confinamento solitário por quase uma década”, disse o grupo In Defense of Animals da Califórnia.

O título é “reservado para somente os piores zoos com repetidos delitos”, de acordo com a lista feita pelo grupo dos piores zoos na América do Norte para os elefantes.

Em 2005, a elefanta Happy de quase 4 toneladas provou aos pesquisadores que elefantes são autoconscientes após se reconhecer em um espelho.

“Apesar disso, a Sociedade de Conservação da Vida Selvagem, os donos do Zoo do Bronx, e os pesquisadores, abandonaram Happy em uma exibição ultrapassada, deixando-a para apodrecer na solidão e no frio – com somente a memória distante de seu próprio reflexo no espelho como companhia”, disse o In Defense of Animals.

O Zoo do Bronx, que aparece na lista do grupo dos 10 piores zoos por três anos seguidos, não respondeu imediatamente ao pedido de comentários sobre o vergonhoso ‘prêmio’.

Happy, agora com 44 anos, é um dos três elefantes no Zoo do Bronx, mas ela á mantida em uma área separada dos outros animais.

Várias organizações pelos direitos dos animais tentaram tirar Happy de New York e leva-la para um santuário de elefantes, mas sem sucesso – apesar da petição que reuniu mais de 211.000 assinaturas.

Fonte: Story Clash

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.