Ex-soldado é detido por venda de animais silvestres

Ex-soldado é detido por venda de animais silvestres

SP sorocaba foto-2651065

A 4ª Companhia da Polícia Militar Ambiental de Campinas deteve na manhã desta quarta-feira (10) em Salto, na região de Sorocaba, SP, o ex-soltado do Exército Mizael de Souza Santos, de 22 anos, que cometeu o crime ambiental de expor à venda animais silvestres – no caso sete tartarugas.

Dois dos animais foram encontrados dentro de um pote de sorvete, na rodoviária de Salto, onde seriam entregues a um comprador, que as adquiriu pela internet.

Santos vendeu cada uma por R$ 50, mas terá que pagar multa de R$ 500 por cada exemplar apreendido. Como na casa dele a polícia encontrou mais cinco Jabutis, no total terá que pagar R$ 3.500 à polícia.

SP sorocaba 1 dsc00919-2651602O ex-soldado foi levado à delegacia e irá responder por dois processos: um administrativo ambiental outro criminal. Entretanto, não corre risco de ir para a cadeia, porque, se condenado irá, no máximo, prestar serviços à comunidade ou pagar cestas básicas.

Santos foi autuado no artigo 29, parágrafo 3, inciso 1 da Lei 9.605 da Lei 9.605 de 1998, por expor animais silvestres à venda. Caso o comprador tivesse sido aprendendido também, o crime se configuraria, então, como tráfico.


O subtentente Tanobe, que integrou a operação, explica que quem compra animais silvestres também pratica o crime, é responsável pelo ato e têm que responder por ele. 

O militar informa ainda que quem tiver conhecimento desse tipo de ilegalidade deve fazer a denúncia e chamar a polícia ambiental, o que pode ser feito pelo telefone 181.

A polícia encaminhou as sete jabutis a um criador conservacionista autorizado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

SP sorocaba 1 dsc00917  1 -2651623

Fonte: Correio RAC

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.