Exército apreende 15 jacarés abatidos em caça ilegal no AM; carne seria comercializada no Peru

Exército apreende 15 jacarés abatidos em caça ilegal no AM; carne seria comercializada no Peru
Animais silvestres são provenientes de caça ilegal. — Foto: Divulgação/ Exército Brasileiro

O Exército Brasileiro informou nesta segunda-feira (29) que encontrou 15 jacarés mortos em uma embarcação, no Vale do Javari, no interior do Amazonas, provenientes da caça ilegal na região.

VÍDEO: Jacarés mortos são apreendidos no Vale do Javari, no AM

Os jacarés eram das espécies Jacaretinga e Jacaré-Açu. Os animais foram achados cortados em várias partes dentro do barco. Além deles, também foi apreendida uma espingarda calibre 16 e munições.

Segundo o Exército, a carne tinha como destino a cidade vizinha de Angamus, no Peru. No Vale do Javari, apenas a pesca para alimentação dos próprios moradores é autorizada.

Ninguém foi preso. No entanto, suspeitos foram autuados por crime ambiental. Após a apreensão, a carne foi destruída.

Vale do Javari

O Vale do Javari fica na fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia e está localizado no Amazonas. A região tem a maior concentração de povos isolados do mundo, com acesso restrito por vias fluviais e aéreas. São 8,5 milhões de hectares demarcados, sendo a segunda maior Terra Indígena do país – a primeira é a Yanomami, com 9,5 milhões de hectares.

A região ficou marcada por ser palco dos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, em 2022. No local, há registros de tráfico de drogas, roubo de madeira e avanço do garimpo, além da pesca e caça ilegais.

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.