Família de sabiá ganha proteção inusitada em São Carlos (SP)

Família de sabiá ganha proteção inusitada em São Carlos (SP)
Lençol foi utilizado para impedir que as aves ficassem desprotegida.

Uma família de sabiá-barranco (Turdus leucomelas) escolheu a casa da auxiliar administrativa, Elisangela Marlei Vaccari da Cruz, em São Carlos (SP), para fazer seu ninho. Com muito cuidado e destreza, os gravetos e folhas formaram, entre a calha e a parede, um novo “berçário” para os filhotes.

Apaixonada pela natureza e pelos registros que ela pode proporcionar, Elisangela percebeu que não era a única que estava realizada com o momento. “Parecia que o casal estava feliz, pois cantava o tempo todo”, conta ela.

Um dos flagrantes foi da alimentação do sabiá.

Porém, quando as aves finalizaram a construção, uma ventania muito forte derrubou o ninho. No dia seguinte, para a surpresa da auxiliar administrativa, os animais não desistiram do local e refizeram toda a estrutura que já tinham montado. “Neste momento agradeci e pensei: realmente era para ser aqui!”, relata Elisangela.

À medida que os filhotes começaram a crescer, ela sentiu a necessidade de proteger a família de outros acidentes e até dos cachorros que vivem na casa. Por conta disso, montou uma proteção com lençol formando uma rede que acolhesse os filhotes, caso caíssem. Os filhotes voaram e Elisângela ficou com a sensação de dever cumprido.

Elisangela acompanhou o desenvolvimento dos filhotes.

“É um sentimento único, acompanhar desde a construção do ninho, a dedicação do casal para alimentá-los, a natureza é realmente perfeita”
— Elisangela Vaccari

Ninho da curicaca foi flagrado pela auxiliar administrativa.

Elisangela Vaccari realmente atrai a confiança de outras famílias para perto de si. Já registrou a construção do ninho de um casal de curicacas (Theristicus caudatus) e até fotografou a alimentação de filhotes de rabo-branco-acanelado (Phaethornis pretrei).

Este último foi um dos registros mais emocionantes que já fez. Apesar de ter dificuldades por conta da agitação do ambiente e a falta de luz no local, a auxiliar administrativa não desistiu de registrar uma imagem perfeita da situação. “Fiquei horas ali e, finalmente quando consegui, não contive a emoção, terminei o clique chorando de felicidade”, conta Elisangela.

Ninho de rabo-branco-acanelado foi feito em local surpreendente — Fotos: Lisa Vaccari / VC no TG

A alegria de receber novas famílias é tão grande que Elisangela quer ter a certeza de que elas estarão seguras para seguirem seus caminhos. Para a auxiliar administrativa as fotos são parte do processo, um hobby que virou paixão.

“Que venham muitas e muitas aves confiarem suas maternidades aqui na minha casa, farei sempre o possível para protegê-los!”
— Elisangela Vaccari

Por Gabriela Brumatti, Terra da Gente (supervisionada por Lizzy Martins)

Fonte: G1 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.