Fazendeiro mata onça-pintada e diz ter agido em defesa de seus animais no Acre

Fazendeiro mata onça-pintada e diz ter agido em defesa de seus animais no Acre

O dono de uma propriedade rural em Sena Madureira, no interior do Acre, matou uma onça-pintada sob argumento de que o animal selvagem fazia reiterados ataques aos animais da fazenda.

Segundo o portal Yaco News, a presença do felino foi notada quando o fazendeiro passou a encontrar restos mortais de bovinos criados na fazenda, com pegadas de onça nas redondezas. A partir daí, foi traçado um plano para matar o animal selvagem.

Ontem, 17, armado e em posse de cachorros de caça, o homem seguiu os passos do animal. Já no fim da tarde, os cães encurralaram a onça-pintada em meio à mata, possibilitando que o fazendeiro disparasse um tiro certeiro, matando o animal na hora. O Yaco News publicou ainda que, apesar de ter matado a onça, animal com risco de extinção, o fazendeiro disse acreditar que não terá problemas com os órgãos de fiscalização ambiental, já que, segundo ele, agiu em defesa de seus animais.

Por Whidy Melo

Fonte: AC 24 Horas

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.