Filhote de baleia é resgatado de rede de proteção contra tubarões, na Austrália

Os ataques de tubarões contra banhistas são problema recorrente em algumas praias australianas, tanto que diversas cidades instalam redes de proteção, para impedir a aproximação desses predadores da faixa litorânea. Mas a medida provoca efeitos colaterais indesejados para as populações marinhas. No último sábado, um filhote de baleia jubarte ficou preso em uma dessas redes, e só foi salvo pela ação de ambientalistas.

Um vídeo divulgado pelo Sea World mostra funcionários do parque, com apoio do órgão governamental Queensland Boating and Fisheries Patrol, resgatando o filhote de aproximadamente quatro metros de comprimento, que ficou preso numa rede de proteção contra tubarões instalada numa praia em Coolangatta, na cidade de Gold Coast.

O vídeo mostra que a mãe ficou todo o tempo ao lado do filhote, mas incapaz de libertar sua cria das malhas. De acordo com Mark Saul, porta-voz do Queensland Boating and Fisheries Patrol, os animais se mantiveram calmos, o que agilizou o resgate.

— As duas baleias estavam muito calmas. A mãe apenas empurrava a rede para ajudar a manter o filhote na superfície, o que ela fez muito bem — disse Saul, em entrevista à emissora local ABC. — Após alguns cortes (na malha), elas nadaram juntas para longe em direção ao sul, com boa saúde e condições.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.