Filhote de baleia foi encontrado na quarta-feira (26) — Foto: Carina Miranda/Arquivo Pessoal

Filhote de baleia jubarte é achado morto em praia de Ilhéus, BA; projeto aponta 17 casos na região

Moradores de Ilhéus, no sul da Bahia, encontraram, na manhã de quarta-feira (26), um filhote de baleia-jubarte morto na praia de Meache. De acordo com informações do projeto (A)mar, ONG que trabalha na conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos, a carcaça do animal ainda está no local, em processo de decomposição.

O projeto aponta que esta é a 17ª baleia encontrada morta neste ano na região entre as cidades de Ilhéus e Itacaré.

Conforme o projeto (A)mar, o animal foi avistado por populares na areia, mas, por causa da maré alta, a carcaça ficou presa nas pedras.

De acordo com o projeto A(mar), o animal é um macho e media cerca de 4 metros de comprimento.

Wellington Laudando, veterinário do projeto, acredita que ele deve ter se perdido da mãe, já que o período de amamentação dura 2 anos, tempo que o animal leva para se adaptar.

Segundo o projeto, a prefeitura do município foi acionada e vai retirar a carcaça do filhote no sábado (29).

Filhote se encontra em estado avançado de decomposição — Foto: Carina Miranda/Arquivo Pessoal
Filhote se encontra em estado avançado de decomposição — Foto: Carina Miranda/Arquivo Pessoalfilhote

Temporada de baleias

Cerca de 20 mil baleias jubarte devem passar pelo litoral da BA durante temporada de reprodução — Foto: Enrico Marcovaldi/Instituto baleia-jubarte
Cerca de 20 mil baleias jubarte devem passar pelo litoral da BA durante temporada de reprodução — Foto: Enrico Marcovaldi/Instituto baleia-jubarte

A temporada de observação das baleias na Bahia ocorre entre os meses de julho e novembro. Cerca de 20 mil jubartes devem passar pelo litoral baiano no período.

Os animais podem chegar a 16 metros de comprimento e pesar 40 toneladas. As baleias são animais migratórios e estabelecem lugares diferentes para alimentação e reprodução.

Entre julho e novembro, elas saem da região da Antártida, que passa por um inverno rigoroso, e migram para águas tropicais, que são mais quentes, para se reproduzirem.

Desde maio, alguns animais começaram a chegar no estado. O maior berço reprodutivo do Atlântico Sul é na região de Abrolhos – que vai do extremo sul da Bahia ao norte do Espírito Santo.

Dóceis, as baleias atraem milhares de turistas para regiões costeiras da Bahia, como Praia do Forte, Morro de São Paulo, Itacaré, Caravelas e Salvador.

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: As baleias atraem milhares de turistas que causam DANOS aos animais quando optam pelo avistamento feito dentro de barcos, que gera muito lucro para quem o explora e muitos impactos para as baleias.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.