Filhote de cachorro é resgatado depois de ser esquecido dentro de carro e ganha nova família — Foto: Divulgação

Filhote de cachorro esquecido dentro de carro é resgatado e ganha nova família

Um grande susto terminou com um final feliz nesta quinta-feira (28) em Picos, Sul do Piauí, quando um filhote de cachorro foi regatado de dentro de um carro que estava estacionado no centro da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Seman), o animal estava com dificuldade de respirar após ficar trancado um longo tempo no veículo.

A secretária de Meio Ambiente de Picos, Maria Santana, contou ao G1que algumas pessoas ouviram o choro do animal vindo do carro e perceberam que se tratava de um filhote. A Seman foi acionada e agentes de trânsito foram chamados para arrombar o veículo e resgatar o cachorrinho.

“Ele já estava bastante debilitado, respirando com dificuldade, mas graças a Deus conseguimos dar um final feliz para essa história. Ele foi adotado por um dos funcionários da Secretaria”, disse a secretária Maria Santana. Paulo Andrade, o funcionário da Seman que adotou o bichinho, trabalha na secretaria há três anos e afirmou nunca ter passado por uma situação desse tipo antes. Ele tem outro filhote de cachorro em casa, mas disse que quando viu o animal, já quis levar para casa.

“Foi muita crueldade o que fizeram com ele. Deixar ele trancado dentro do carro, sob o sol. Quando ele chegou estava meio molinho, mas logo melhorou. Agora ele já está bem em casa e ganhou o nome de Beethoven”, relatou Paulo Andrade.

Paulo Andrade adotou o filhote e deu a ele o nome de Beethoven — Foto: Arquivo Pessoal/Paulo Andrade
Paulo Andrade adotou o filhote e deu a ele o nome de Beethoven — Foto: Arquivo Pessoal/Paulo Andrade

Segundo a Seman, a família que manteve o animal trancado dentro do carro foi autuada por maus-tratos, mas foi liberada em seguida porque os agentes da secretaria que fizeram o atendimento entenderam que não foi uma atitude de má fé. “Apesar da situação, eles não fizeram por maldade. Eles relataram que o animal dormiu dentro do carro e ninguém lembrou da presença dele, e acabaram esquecendo. Eles não tiveram a intenção de maltratar o filhote”, pontuou a secretária.

Por Maria Romero e Lucas Marreiros, G1 PI

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.