Filhote de ganso finge estar morto para escapar de leopardo; veja o vídeo

Filhote de ganso finge estar morto para escapar de leopardo; veja o vídeo
Tudo parecia acabado para o pequeno ganso, mas ele conseguiu escapar com solução inesperada. Foto: Reprodução/YouTube

Dizem que quando a gente é criança, não tem noção do perigo. O mesmo parece valer para o mundo animal, a julgar pelo caso de um filhote de ganso que caminhava direta e inocentemente na direção de um leopardo.

O registro foi feito por Benji Solms no safári Serondella, na África do Sul. Ele compartilhou a filmagem e o relato no LatestSightings.com, captando inclusive o final inusitado: pego pelo felino, o gansinho consegue fugir fingindo estar morto.

“Uma das fêmeas de leopardo residentes na área havia feito uma matança nas margens de um leito de rio seco. Seu filhote se juntou a ela durante a noite e agora estava no mesmo lugar. Nós os observávamos há algum tempo, e o filhote parecia brincalhão enquanto corria para cima e para baixo na areia do rio. Mas tudo mudou em um piscar de olhos quando alguns gansinhos apareceram em uma extremidade do leito do rio”, conta Benji.

O vídeo só capta uma das pequenas aves, que percebe tarde demais que está próxima de um predador. O filhote tenta fugir, mas o leopardo obviamente é mais rápido. Quando se vê sem alternativa, o gansinho então usa seus instintos de forma criativa: cai no solo e finge estar morto.

“A avezinha esperta fingiu estar morta, e foi aí que o leopardo o soltou. Mas assim que ele fugiu novamente, o leopardo atacou e mais uma vez o pegou!”, relata o autor do vídeo.

O pequeno ganso não desiste, e segue investindo em sua performance de cadáver. Até que, num momento de distração do felino, ele saiu correndo novamente. O leopardo demora a reagir e, ao ver que sua presa já se distanciava, parece decidir que aquela pequena refeição não valeria um novo esforço. Melhor para o pequeno ganso, que evitou um fim precoce graças à sua atuação digna de Oscar.

Por Rafael Faustino

Fonte: Um Só Planeta

Animais na natureza

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.