Antes do registro, o animal foi atacado por diversos urubus — Foto: Divulgação/Alex de Amorim

Filhote de golfinho ameaçado de extinção é encontrado morto em Bertioga, SP

Um filhote de golfinho foi encontrado morto em uma praia de Bertioga, no litoral de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (18). O animal da espécie Pontoporia blainvillei, conhecida como Toninha, já estava em estado de decomposição e a causa da morte não é conhecida, pois o Instituto Gremar não foi acionado para fazer a necrópsia.

O golfinho foi localizado pelo vendedor Alex de Amorim, de 41 anos, por volta das 17h30. Ele caminhava pela areia, entre o Jardim Rio da Praia e Maitinga, quando notou a presença de diversos urubus. “Fui me aproximando e percebi que estavam comendo um golfinho. Neste ano, já encontrei outros dois mortos na cidade. Está se tornando algo recorrente”.

“Queria entender porque os golfinhos estão morrendo. Isso está acabando com os nossos bichinhos. Temos que correr atrás disso e saber o que está acontecendo. É muito triste esta situação”, relatou o vendedor.

Segundo informações do Instituto Gremar, o número de ocorrências com toninhas geralmente é maior entre os meses de outubro e fevereiro, pois é quando habitualmente nascem os filhotes desta espécie. Mas, durante todo o ano, costumam surgir casos com alguma frequência. Para piorar, as toninhas estão ameaçadas de extinção.

Em Bertioga, o Gremar já localizou outras duas toninhas mortas em cerca de quatro dias. Um dos golfinhos, inclusive, foi encontrado com ferimentos causados por redes de pesca. Além da pesca predatória, a morte dos animais também é causada pela ingestão de lixo marinho.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos – PMP/BS é desenvolvido para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal do Polo Pré-Sal da Bacia de Santos da Petrobras, conduzida pelo IBAMA. Seu objetivo é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias, do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Gremar monitora o Trecho 9, compreendido entre São Vicente e Bertioga. Possui base em funcionamento no Guarujá e atua em prontidão 24h, podendo ser contatado pelo telefone 0800-642-3341.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.