Filhote de leão africano encontrado em uma caixa de papelão dentro de um carro abandonado no México

Filhote de leão africano encontrado em uma caixa de papelão dentro de um carro abandonado no México

Os leões africanos têm um grande histórico de serem encontrados no México, sem que consigam descobrir corretamente quem era o tutor. E não poderíamos esperar que fosse diferente no caso de um filhote da espécie, encontrado em uma caixa de papelão dentro de um carro abandonado em Santiago, Neuvo León, México.

A Procuradoria Federal de Proteção ao Meio Ambiente (Profepa) encontrou o animal depois de vizinhos terem escutado ruídos dentro do carro.

Assim foi como a Profepa e a Proteção Civil local arrombaram o veículo para resgatar o animal de apenas dois meses de idade, aproximadamente. Dali ele foi levado para uma clínica veterinária para uma avaliação preliminar.

Um “dono” esquecido

Depois de sua avaliação, determinou-se que o filhote não apresentava evidências de maus-tratos, pois não apresentava feridas, lacerações ou modificações em suas presas naturais e garras. Além disso, o filhote foi dócil em todo momento.

Depois de ter sido resgatado, uma pessoa se apresentou à Profepa dizendo ser tutora do animal, e admitiu tê-lo esquecido no interior da caixa de papelão dentro do carro abandonado.

A Profepa está com a custódia provisória do animal como medida de segurança até que a situação seja verificada.

Neste mesmo ano, a Profepa localizou, em conjunto com a Procuradoria Geral da República, três exemplares de leões africanos que viviam no quintal de uma casa particular em Iztacalco, Cidade do México. Nessa ocasião, o suposto tutor disse ter toda a regulamentação em ordem.

Em outro caso de outubro de 2018, foram encontrados três leões junto com três araras em outro domicílio na Cidade do México. Todos os animais conviviam em uma laje com um cão.

Por Oscar Steve / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Kataka

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.