Filhote de leão é submetido à eutanásia em zoo nos EUA e causa comoção na web

Filhote de leão é submetido à eutanásia em zoo nos EUA e causa comoção na web
Lomelok no zoo de Chicago — Foto: Reprodução/X

Um filhote de leão de 1 ano e 5 meses chamado Lomelok foi sacrificado no Lincoln Park Zoo, em Chicago (EUA), no último fim de semana, provocando comoção na web.

O felino havia conquistado o coração de moradores e turistas desde que nasceu com uma deformidade. O filhote sofria de problemas de mobilidade por causa de malformação na parte inferior da coluna.

Apesar de ter realizado operação no início deste ano para tentar resolver o problema, a equipe decidiu que era hora de Lomelok (o nome significa “doce” na língua Maa, falada no Quênia e na Tanzânia) ficar livre das dores, porque ele não teria uma recuperação completa.

O animal “chamou a atenção e fisgou o coração dos frequentadores do zoológico ao lidar com um defeito de nascença na coluna” e era conhecido por sua personalidade descontraída “tanto figurativa quanto literalmente, já que uma de suas coisas favoritas a fazer era deitar de cabeça para baixo e mostrar seu branco pelo da barriga”, afirmou a direção do zoo em comunicado.

“Após extensas medidas, Lomelok foi diagnosticado com um estreitamento dos canais por onde passam os nervos. Quando apresentou uma obstrução gastrointestinal que exigiria outra cirurgia intensa e longa recuperação em isolamento, foi tomada a difícil decisão de dizer adeus a Lomelok”, continuou o comunicado.

Lomelok chegou a ser operado, mas a cirurgia não lhe devolveu os movimentos — Foto: Divulgação/Lincoln Park Zoo
Lomelok chegou a ser operado, mas a cirurgia não lhe devolveu os movimentos — Foto: Divulgação/Lincoln Park Zoo

“Não há palavras para articular o quão profundamente sentiremos sua falta. O Lincoln Park Zoo lamenta essa perda”, disse Cassy Kutilek, a curadora de mamíferos do zoológico, de acordo com o “Daily Star”.

“A história de Lomelok se espalhou por toda parte. Essa perda será sentida por muitos. Nossas equipes estão sofrendo e nós estamos de luto. Nossos corações estão com todos que se preocupam com esse leão especial”, acrescentou o zoológico no X (antigo Twitter).

“Sinto muito a perda. Ele era amado por muitos”, postou uma internauta.

“Pobre bebê 🙁 Eu o vi em outubro do ano passado e abril deste ano. Sentiremos falta dele”, escreveu outra.

“Meu coração está partido. Tenho certeza que o seu (do zoo) também. Obrigado por lhe dar carinho”, desabafou um terceiro.

“Nada mais poderia ser feito?”, questionou uma usuária da rede.

Por Fernando Moreira

Fonte: Extra

Nove razões para não visitar zoológicos