Filhote de lobo-guará é resgatado após a mãe ser atropelada e morta em MT

Filhote de lobo-guará é resgatado após a mãe ser atropelada e morta em MT
Filhote de lobo guará — Foto: TV Centro América/Reprodução

Um filhote de lobo-guará foi resgatado e entregue à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), depois que a mãe dele foi atropelada numa fazenda em Sapezal, a 423 km de Cuiabá.

O lobo-guará, de aproximadamente 3 meses, foi acolhido por uma moradora de Sapezal que acionou a prefeitura do município para fazer o resgate.

Vitor Barredo Makhoul , veterinário da Prefeitura de Sapezal, disse que o animal estava em uma lavoura e que a mãe foi atropelada e morreu.

O animal silvestre foi entregue para a Sema em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá.

Este animal, que chama atenção pela pelagem avermelhada, é parente distante do lobo-cinzento do qual se distingue em inúmeros fatores, a começar pela aparência. O lobo-guará tem uma fisionomia delgada, com pernas finas e compridas. Não à toa é considerado o maior e mais distinto canídeo da América do Sul.

O corpo do lobo-guará mede em torno de 1,30 metros e a cauda pode atingir os 40 centímetros. Outras características marcantes do lobo-guará são as orelhas grandes e as patas negras. Além disso, possui algumas partes do corpo esbranquiçadas, como a garganta, e a ponta da cauda.

Apesar do lobo ser visto por muitas pessoas como um animal “malvado”, o nosso lobo-guará é um lobo do bem, além de ser um bicho de comportamento dócil, inofensivo ao homem.

 Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.